Publicidade

Notícias de saúde

Grupo Relata mais Reclamações Sobre Droga para Cólon Irritável

WASHINGTON (Reuters) - Autoridades de saúde dos Estados Unidos receberam 28 novas notificações de casos de um sério problema intestinal ocorrido em pessoas que tomaram Lotronex, da Glaxo Wellcome, informou segunda-feira um grupo de consumidores que reivindica a proibição do medicamento. A droga é usada para tratar síndrome do cólon irritável.

Os 28 casos de colite isquêmica entre pacientes que tomavam Lotronex foram apresentados à Food and Drug Administration (FDA), órgão dos EUA que regula drogas e alimentos, entre 28 de agosto e 20 de outubro, informou o Grupo de Pesquisa em Saúde do Public Citizen.

O problema é caracterizado pela redução do fluxo sanguíneo no cólon.

Os casos se somam a 26 outros informados à FDA entre o lançamento da droga em fevereiro e 28 de agosto. Centenas de milhares de pessoas têm tomado o Lotronex. O Public Citizen fez uma petição à FDA para retirar o Lotronex do mercado norte-americano.

Em agosto, a FDA reforçou as advertências na embalagem do medicamento e alertou os consumidores a observar sinais dos efeitos colaterais, incluindo a colite isquêmica. Na época, funcionários da FDA disseram acreditar que os benefícios da droga eram muito superiores aos riscos. Representantes da Glaxo e da FDA não foram encontrados para comentar os dados do Public Citizen, detalhados em uma carta à chefe da FDA Jane Henney.

A síndrome do cólon irritável é caracterizada por episódios freqüentes de diarréia, constipação ou ambos. A FDA aprovou o Lotronex, conhecido genericamente como alosetron, para mulheres cujo principal sintoma é diarréia.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: