Publicidade

Notícias de saúde

Analgésico Pode Ajudar Paciente Submetido a Cirurgia Cardíaca

WASHINGTON (Reuters) - Um analgésico comumente usado pode ajudar a conservar os benefícios da angioplastia, cirurgia feita para desobstruir artérias, informaram pesquisadores.

Conforme os cientistas, o sulindac pode reduzir o risco de um perigoso efeito colateral da angioplastia, chamado formação neo-íntima, caracterizada pelo desenvolvimento de células de músculo liso na parede da artéria, o que pode ajudar a obstrui-la novamente.

O sulindac é um antiinflamatório não-esteróide, categoria que também inclui aspirina e ibuprofeno.

A equipe de pesquisadores da Escola de Medicina Monte Sinai, da Universidade Rockfeller e do Centro para Câncer Memorial Sloan-Kettering, em Nova York, informou no Proceedings of the National Academy of Sciences, publicado terça-feira, que o sulindac reduziu a formação neo-íntima em mais de 70 por cento dos ratos usados no estudo e submetidos a um procedimento semelhante à angioplastia.

Os pesquisadores também verificaram que ratos com altos níveis de colesterol tiveram duas vezes mais formação neo-íntima que ratos normais.

Conforme os pesquisadores, a aspirina usada para impedir que as artérias voltem a ficar obstruídas depois da angioplastia não reduziu significativamente a formação neo-íntima no estudo.

O sulindac também tem mostrado auxiliar na redução do risco do câncer de cólon e do crescimento de pólipos, que se acredita que se desenvolvam nesse tipo de câncer.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters. Reuters shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: