Publicidade

Notícias de saúde

Isquemia induzida por estresse mental é diferente entre homens e mulheres

02 de março de 2018 (Bibliomed). Homens e mulheres têm diferentes mecanismos de reatividade cardiovascular para isquemia miocárdica induzida pelo estresse mental (MSIMI), de acordo com um estudo na revista Arteriosclerosis, Thrombosis, and Vascular Biology.

Investigadores da Universidade Emory em Atlanta coletaram dados basais de um estudo de coorte prospectivo de 678 pacientes, portadores de doença arterial coronariana, e submetidos a imagem de perfusão miocárdica antes e durante um fator estressor de fala pública. Os autores calcularam a resposta do produto taxa-pressão como a diferença entre o valor máximo durante o discurso menos o valor mínimo durante o repouso. A proporção da amplitude da onda de pulso durante a fala sobre a linha de base de repouso foi utilizada para medir a vasoconstrição periférica por tonometria arterial periférica. A percentagem de ventrículo esquerdo que apresentou isquemia foi utilizada para definir a isquemia miocárdica induzida pelo estresse mental.

Os pesquisadores descobriram que uma resposta do produto de taxa de pressão mais alta foi relatada para homens, mas não mulheres, com isquemia miocárdica induzida pelo estresse mental do que aqueles sem a MSIMI; para as mulheres, aqueles com isquemia miocárdica induzida pelo estresse mental versus sem MSIMI, apresentaram uma taxa de tonometria arterial periférica significativamente menor. Nos homens, cada aumento de 1000-U na resposta do produto de pressão de taxa foi correlacionado com um aumento de 0,32% na isquemia induzível; para as mulheres, cada diminuição de 0.1-U na taxa de tonometria arterial periférica foi correlacionada com um aumento de 0,23% na isquemia miocárdica induzível. Os resultados foram independentes da isquemia miocárdica convencional induzida pelo estresse.

Assim, nas mulheres, a vasoconstrição periférica induzida pelo estresse com estresse mental e não o aumento da carga de trabalho hemodinâmica está associada à isquemia miocárdica induzida pelo estresse mental, enquanto que para os homens é o contrário.

Fonte: Arteriosclerosis, Thrombosis, and Vascular Biology. 2017;ATVBAHA.117.309535.

Copyright © 2018 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: