Publicidade

Notícias de saúde

Prática de esportes coletivos pode aumentar o risco de infecções

27 de outubro de 2017 (Bibliomed). A participação em esportes organizados pode potencialmente expor os atletas a doenças infecciosas, com grandes fatores de risco, incluindo contato pele a pele, exposições ambientais e trauma físico, e compartilhamento de equipamentos, de acordo com um relatório clínico publicado na revista Pediatrics.

Pesquisadores da Universidade de Nebraska em Omaha abordaram o potencial de participação em esportes organizados como um fator de exposição dos atletas a doenças infecciosas.

Os pesquisadores descobriram que o contato pele a pele com atletas que têm infecções ativas da pele, exposições ambientais e trauma físico são fatores de risco importantes para a infecção, bem como compartilhamento de equipamentos e contato com fomitos contaminados. Riscos adicionais incluem contato próximo, que é intrínseco aos esportes em equipe, e fatores psicossociais associados à adolescência.

Segundo os autores, minimizar o risco requer liderança da comunidade esportiva organizada (incluindo o provedor de cuidados primários do atleta) e depende de delinear os principais comportamentos de higiene, reconhecimento, diagnóstico e tratamento de infecções relacionadas com esportes comuns, e também a implementação de intervenções preventivas.

Fonte: Pediatrics. DOI: 10.1542/peds.2017-2477

Copyright © 2017 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: