Publicidade

Notícias de saúde

Tecnologias no quarto das crianças levam a prejuízos do sono

02 de abril de 2015 (Bibliomed). Associações de sono inadequado com inúmeros resultados de saúde entre os jovens tornam indispensável a identificação de seus determinantes modificáveis. A televisão (TV) tem sido associada com a restrição do sono, mas pouco se conhece sobre telas pequenas (por exemplo, smartphones), que podem ser utilizados na cama. Assim, um estudo recente avaliou as associações de diferentes mídias nos ambientes com a duração do sono e situações de descanso insuficiente.

Participaram da pesquisa 2.048 crianças da quarta e sétima séries do ensino fundamental, inscritas no Massachusetts Childhood Obesity Research Demonstration Study, durante os anos de 2012-2013.

As crianças que dormiam perto de uma pequena tela tiveram 20,6 menos minutos de sono e tiveram uma maior prevalência de descanso insuficiente percebido ou de sono. As crianças que dormiam em um quarto com uma TV tiveram 18.0 minutos a menos de sono. TV ou DVD e visualização de vídeo ou jogo de computador foram associados com ambos os tipos de resultados do sono (diminuição do sono/ percepção de menos descanso). Algumas associações foram mais fortes entre os hispânicos, afrodescendentes não-hispânicos e crianças mais velhas.

Portanto, dormir perto de uma mídia esteve associado com menor duração do sono. A presença de uma tela pequena, mas não de uma TV, foi associada com o repouso ou sono insuficiente percebido. Estes resultados alertam os pais contra o acesso irrestrito à tecnologia em quartos infantis.

A nova pesquisa foi publicada na revista especializada Pediatrics.

Fonte: PEDIATRICS; Vol. 135; No. 2; 01 fevereiro de 2015

Copyright © 2015 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: