Publicidade

Notícias de saúde

Mulheres com maiores salários são mais satisfeitas sexualmente

29 de janeiro de 2014 (Bibliomed). Pesquisa espanhola mostrou que a renda e o status influenciam na satisfação sexual das mulheres: quanto maior a renda e o status que ocupam na sociedade, mais satisfeitas se sentem.

De acordo com a pesquisa, quanto maior seu poder aquisitivo e controle sobre a sua vida, mais satisfeita a mulher se sente durante o sexo. Contudo, esse prazer é especialmente mais evidenciado quando estão em uma relação estável em detrimento do sexo casual.

Das mulheres entrevistadas, 96% das que tinham um parceiro fixo afirmaram estar satisfeitas com sua vida sexual, em comparação com 80% das que praticavam sexo casual. Entre os homens, 97% dos que estavam em relacionamentos estáveis relataram estarem satisfeitos, contra 88% dos que praticavam sexo casual.

Para os pesquisadores, a independência financeira, bem como o status e o maior controle sobre suas vidas, somadas à ampla gama de métodos contraceptivos disponíveis, dá à mulher maior liberdade sexual, permitindo que ela explore suas fantasias.

Mulheres com maior poder aquisitivo tendem a se envolver em menos relações abusivas, e, quando estão em uma relação deste tipo, são mais propensas a abandonarem os parceiros ou a procurarem ajuda especializada mais rapidamente. Além de correrem menos risco de sofrerem estupro ou agressão sexual.

Fonte: Diário da Saúde, 28 de janeiro de 2014

Testosterona aumenta libido em mulher após retirada de ovário. Leia em Boa Saúde

A gravidez interfere no desejo sexual das mulheres? Descubra em Bibliomed

Copyright © 2014 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: