Publicidade

Notícias de saúde

Estudo Aponta Novo Método em Cirurgia para Retirar Melanomas

NOVA YORK (Reuters Health) - Os pacientes com pequenos melanomas - um tipo de câncer de pele raro, mas perigoso - podem ser tratados com sucesso com uma cirurgia menos drástica do que as usadas no passado, informaram pesquisadores.

Na cirurgia de melanoma, a lesão é removida junto com um pedaço de tecido saudável para assegurar que nenhuma célula cancerosa fique no local.

No novo estudo, os pacientes com melanomas pequenos tiveram melhores resultados com a remoção de 2 centímetros de tecido saudável do que os pacientes submetidos a remoção de 5 centímetros.

"Não vemos razões para recomendar uma remoção cirúrgica com margem ampla para pacientes com tumores de melanoma da espessura que estudamos", informou à Reuters Health, Gabriella Cohn-Cedermark do Hospital Karolinska, em Estocolomo (Suécia).

Os pesquisadores observaram quase mil pacientes com melanoma de cerca de 0,8 a 2 milímetros de espessura (menos de um décimo de polegada) que tiveram remoções de tecido com o tumor tanto com cortes de 2 cm e de 5 cm durante a cirurgia.

O trabalho, publicado na edição de outubro do Cancer, é resultado de uma revisão realizada entre sete e 17 anos depois que os pacientes foram submetidos à cirurgia.

Conforme o estudo, apenas cinco pacientes -- um no grupo de 2 centímetros e quatro no grupo de 5 centímetros -- tiveram uma reincidência do tumor na mesma área.

Os autores observaram que as taxas de sobrevivência geral e de sobrevivência sem evidência de reincidência foram semelhantes nos grupos.

Cohn-Cedermark informou que um estudo similar está em andamento com pacientes com tumores mais espessos. O estudo deve incluir mil pacientes e os resultados ainda devem demorar alguns anos.

Enquanto isso, ela afirma: "Espero sinceramente que os pacientes com tumores maiores de 2 mm não estejam sendo operados com as excisões marginais amplas usadas anteriormente".

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: