Publicidade

Notícias de saúde

Siamesas Norte-Americanas são Separadas em Cirurgia

SEATTLE (Reuters) - As gêmeas siamesas Charity e Kathleen Lincoln, de 7 meses, foram separadas no domingo após uma cirurgia de quase 23 horas de duração feita no Hospital e Centro Médico Regional da Criança em Seattle, nos Estados Unidos.

Segundo a porta-voz do hospital, Georgia Taylor, os médicos estavam otimistas em relação às chances de sobrevivência dos bebês, que nasceram unidos do osso do peito até a pelve.

"Os cirurgiões dividiram o fígado, o intestino, a bexiga, a pelve e as extremidades inferiores", afirmou Georgia.

Richard Molteni, diretor médico do hospital, disse ao jornal Seattle Times que as meninas tinham uma chance de sobrevivência de 85 por cento.

De acordo com a porta-voz, os bebês poderão ter vidas relativamente normais, embora elas terão apenas uma perna.

Charity e Kathleen compartilhavam parte do intestino grosso e uma de três pernas, que acabou sendo removida. Seus dois fígados e bexigas também pareciam estar fundidos.

Para preparar a separação, os médicos implantaram, em junho, dispositivos plásticos no peito das meninas para esticar e expandir o tecido na área. Molteni disse que, nos próximos anos, serão necessárias diversas operações para reparar partes do corpo afetadas pela separação.

A separação das gêmeas norte-americanas acontece enquanto médicos e cortes britânicas lutam pelo caso das gêmeas siamesas de 7 semanas cujos pais não querem a separação.

Os médicos afirmam que, provavelmente, as gêmeas, conhecidas como Jodie e Mary, vão morrer sem a operação.

A cirurgia para separação pode permitir que Jodie, a irmã mais forte, sobreviva.

Uma comissão de três juízes da Corte de Apelação britânica determinou em 22 de setembro que os médicos podem separar legalmente as meninas contra a vontade dos pais, que decidiram não apelar contra a decisão.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: