Publicidade

Notícias de saúde

Revelada Pista de Emagrecimento em Doentes com Câncer e Aids

Por Amy Norton NOVA YORK (Reuters Health) - Pessoas com câncer, Aids e outras doenças crônicas geralmente definham, sofrendo um comprometimento do tecido muscular e adiposo que não pode ser revertido com melhor alimentação. Mas um tratamento para o problema poderá surgir em breve, segundo pesquisadores que descobriram um componente-chave no enfraquecimento muscular causado por doença.

Os cientistas já conheciam alguns dos elos da cadeia molecular que dão origem a essa perda muscular, mas outros continuavam a ser um mistério.

Agora, os pesquisadores anunciaram que o NF-kappa B, uma substância natural que aciona e desativa genes, é um desses elos essenciais. Eles acreditam que drogas inibidoras do NF-kappa B poderão evitar a síndrome da perda muscular, conhecida como caquexia.

O trabalho da equipe de Denis C. Guttridge da Universidade da Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill, foi publicado na edição de setembro da revista Science.

"É uma descoberta fundamental com implicações para o tratamento da caquexia", disse à Reuters Health, um dos autores do estudo, Albert S. Baldwin Jr.

Segundo o especialista, ainda vai demorar um pouco para que um novo tratamento esteja disponível. Para Baldwin, ninguém sabe ainda como vão se comportar na prática os inibidores do NF-kappa B que estão sendo desenvolvidos no momento.

Os pesquisadores usaram células musculares de rato para descobrir a função do NF-kappa B na perda muscular. Eles já sabiam que uma proteína chamada fator necrose tumoral (TNF, sigla para tumor necrosis factor) estava envolvida no processo.

Como o TNF é uma proteína fundamental no sistema de defesa, seus níveis aumentam como reação à doença. As experiências mostraram que o TNF elevado ativou o NF-kappaB, que. por sua vez, suprimiu uma proteína para reposição muscular chamada MyoD. Sem a MyoD, as células musculares não se desenvolvem normalmente.

Segundo Baldwin, até um terço dos pacientes com câncer morrem por causa da caquexia.

"Não importa quantas calorias consomem, o organismo não as utiliza", disse o pesquisador. E a razão parece estar mais clara agora, segundo Baldwin. "Achamos que descobrimos uma parte importante da cadeia de comando", disse o pesquisador.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: