Publicidade

Notícias de saúde

Mulheres na menopausa precisam estar atentas à saúde ocular

15 de maio de 2013 (Bibliomed). A atenção dada à saúde ocular deve ser intensificada quando a mulher se aproxima da menopausa, uma vez que esse período é marcado por intensas alterações hormonais. Além dos sintomas mais comuns atribuídos a essa fase da vida, como as ondas de calor, insônia, mudanças de humor e diminuição da libido, podem ocorrer outros problemas que merecem atenção, tais como os problemas oculares.

Durante o climatério, fase que envolve a pré-menopausa e pode se estender até um ano após a menopausa, a mulher pode desenvolver problemas oculares como a síndrome do olho seco, que tem como sintomas a visão nebulosa, sensibilidade extrema à luz e coceira nos olhos. De acordo a oftalmologista Kátia Mello, isso ocorre devido às mudanças hormonais que alteram o filme lacrimal. A situação pode ser minimizada com o uso de colírios, sempre receitados por oftalmologistas.

Além da síndrome do olho seco, outros problemas podem afetar essas mulheres, como a catarata, o glaucoma, “vista cansada” e a presbiopia (dificuldade de foco para perto) que podem surgir ou serem agravados pelas alterações hormonais.

Mulheres que passam por uma menopausa precoce, antes dos 40 anos, devem ficar ainda mais atentas à sua saúde ocular, pois, segundo Kátia Mello, quanto mais cedo uma mulher chega ao fim de sua vida reprodutiva, maiores são as chances de ela desenvolver doenças oculares.

Fonte: Esteio Comunicação, 10 de maio de 2013

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: