Publicidade

Notícias de saúde

Algumas pessoas são mais propensas a sofrer bullying

14 de fevereiro de 2013 (Bibliomed). O bullying pode acontecer com qualquer pessoa e em qualquer lugar. Contudo, alguns grupos estão em maior risco do que outros, dizem autoridades de saúde dos Estados Unidos.

Segundo o especialista em saúde pública Erin Reiney, que trabalha no US Department of Health and Human Services, Health Resources and Services Administration, os jovens são os principais alvos de bullying. Ainda de acordo com o especialista, aqueles tidos como “minorias”, são os mais afetados.

Homossexuais, bissexuais e transgêneros, além de jovens com deficiência física ou mental e aqueles que ficam socialmente isolados são mais intimidados do que os demais.

Reiney disse que as crianças também podem ter um risco aumentado para o bullying, especialmente se estiverem deprimidas ou ansiosas, com baixa autoestima, ou as que não se conseguem se socializar muito bem com as demais crianças no ambiente no qual estão inseridas.

As crianças podem ajudar a prevenir o bullying conversando sobre isso com seus pais, que podem buscar maneiras de solucionar o problema. Além disso, os pais devem ajudar a crianças a identificar o bullying e reforçar sempre as consequências negativas que a prática pode trazer.

Fonte: UPI, 12 de fevereiro de 2013

Copyright © 2013 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: