Cães podem ajudar na detecção de crises de hipoglicemia

Comment

Saúde da família

destaque_sorrisoCachorros podem ajudar pacientes com diabetes tipo 1 em episódios de hipoglicemia, que é quando os níveis de açúcar no sangue caem mais do que o recomendado. Isso ocorre devido ao à sua capacidade olfativa, sendo que eles podem identificar níveis mais elevados de substâncias químicas na respiração da pessoa durante a crise.

Pessoas com diabetes tipo 1, causada pela incapacidade de seu corpo para produzir insulina, devem testar seus níveis de insulina várias vezes ao dia para garantir que os níveis de açúcar não estejam nem muito altos, nem muito baixos.

Episódios de hipoglicemia acontecem, geralmente, sem aviso, e podem resultar em tremores, desorientação e fadiga e, por vezes, convulsões ou inconsciência, dependendo de sua duração e intensidade. Contudo, pesquisadores da Universidade de Cambridge, descobriram que cães têm a capacidade de detectar as crises logo em seu início, podendo alertar seus donos ou outras pessoas da casa.

O estudo envolveu oito mulheres com diabetes tipo 1, com idades entre 41 e 51 anos, e que foram tratadas para a doença por, pelo menos, 16 anos. Em condições controladas, os pesquisadores abaixaram lentamente os níveis de açúcar no sangue das mulheres e usaram espectrometria de massa para detectar a presença de substâncias químicas em sua respiração que poderiam indicar mudanças nos níveis de açúcar no sangue. Eles descobriram que o isopreno aumentou significativamente durante a hipoglicemia.

De acordo com os pesquisadores, os cães podem detectar esta substância, diferentemente dos seres humanos, o que indica a possibilidade de eles serem usados como alertas em casos de hipoglicemia.

O estudo foi publicado na revista Diabetes Care.

Fonte: UPI, 27 de junho de 2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *