Publicidade

Artigos de saúde

Desmaio

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- O que causa o desmaio?
-
Quando procurar um médico?
-
O que você pode fazer para ajudar?

O desmaio, chamado pelos médicos de Síncope, consiste na perda temporária da consciência.

O que causa o desmaio?

Dezenas de distúrbios diferentes podem se manifestar como desmaios. Além da ansiedade aguda, outras comuns de desmaios incluem:

  • Síncope vasovagal: é a causa mais freqüente, especialmente em pessoas a partir dos 45 anos de idade, resultando de um reflexo circulatório anormal. Calor, estresse excessivo, fadiga, desidratação e queda dos níveis de açúcar no sangue podem causar sincope vasovagal.
  • Diabetes
  • Anemia
  • Problemas cardíacos (p.ex.: arritmias, angina, infarto, insuficiência cardíaca)
  • Problemas neurológicos (p.ex.: epilepsia, derrame)

Quando procurar um médico?

Uma vez que o desmaio pode significar uma doença grave, toda pessoa desmaiada deve ser transportada o mais rápido possível para o local de atendimento médico mais próximo.

O que você pode fazer para ajudar?

Em menos da metade dos casos é possível determinar o que exatamente fez a pessoa desmaiar. Ao deparar com uma pessoa desmaiada, existem algumas medidas que você pode tomar:

  • Se possível, pegue a pessoa antes que ela caia e posicione-a deitada no chão, com a cabeça abaixo do nível do coração e as pernas levemente levantadas (isso ajuda a restaurar o fluxo sangüíneo cerebral).
  • Vire a cabeça da pessoa de lado, evitando que a língua caia para trás, tampando a garganta.
  • Chame a pessoa pelo nome, estimulando-a, mas não a sacuda ou balance.
  • Cheque o pulso e a respiração. Se algum dos dois estiver ausente, inicie as manobras de ressuscitação (massagem cardíaca e respiração boca-a-boca). Se você não souber como fazer estas manobras, peça ajuda de outra pessoa.
  • Se a pessoa recuperar espontaneamente os sentidos, faça-a esperar sentada no chão por 15-20 minutos antes de levantar-se.
  • Não dê alimentos ou água até que a pessoa recupere completamente a consciência.
  • Para evitar a síncope vasovagal, recomenda-se aumentar a ingestão de água e sal (sob supervisão médica) e evitar permanecer de pé por longos períodos de tempo.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.                                        23 de janeiro de 2008



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: