Publicidade

Artigos de saúde

Amenorréia: quando a menstruação pára

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- Fora gravidez, que outros problemas podem causar Amenorréia?
- O que fazer se você acha que pode estar grávida?

Amenorréia significa ausência de menstruação por pelo menos três ciclos consecutivos. Geralmente é dividida em duas categorias: primária (onde a menina sequer começou a menstruar) e secundária (onde a menstruação, anteriormente regular, se torna atrasada ou simplesmente desaparece).

Adolescentes que não menstruaram até os 16 ainda devem ser examinadas quanto à possibilidade de amenorréia primária.

Ciclos menstruais irregulares ou muito leves são muito comuns no início da puberdade e não devem gerar preocupação. Os primeiros ciclos geralmente são irregulares e este padrão pode durar alguns anos. É comum ocorrer falha em um período, com menstruação mais intensa no seguinte – via de regra, isso decorre da falta de ovulação, são os chamados ciclos anovulatórios.

Mesmo ciclos normais em mulheres adultas saudáveis podem variar alguns dias de um mês para o outro. A intensidade do fluxo também varia.

A Gravidez é a causa mais comum de amenorréia secundária e deve-se suspeitar de gestação em toda mulher em idade fértil com ausência do fluxo menstrual.

As mulheres devem se preocupar quando: (1) as menstruações vêm com intervalo inferior a 21 dias, (2) duram mais de 8 a 10 dias ou (3) ocorre uma variação muito grande nos intervalos entre as regras.

Estes eventos podem ser indicadores de problemas ovulatórios e merecem uma avaliação detalhada com um ginecologista.

Fora gravidez, que outros problemas podem causar Amenorréia?

Se você "pulou" uma menstruação, não fique tão preocupada com isso. A maioria dos casos de Amenorréia em mulheres que vinham menstruando normalmente possui fundo emocional. Se você não estiver grávida, existe uma boa chance do ciclo restaurar o padrão habitual no mês seguinte.

Fora gravidez, a interrupção da menstruação também pode ser causada por:

  • Perda ou ganho excessivo de peso.
  • Distúrbios alimentares (p.ex.: anorexia ou bulimia).
  • Aumento da intensidade dos exercícios (p.ex.: atletas em fase de preparação para competições).
  • Estresse emocional intenso (p.ex.: viagens importantes, ansiedade no trabalho, relacionamentos pessoais tensos, etc).
  • Uso de medicamentos (p.ex.: pílulas anticoncepcionais) e drogas ilícitas.
  • Problemas em órgãos pélvicos (p.ex.: síndrome dos ovários policísticos, aderências uterinas, insuficiência ovariana prematura, etc).
  • Aleitamento: muitas mulheres só voltam a apresentar ciclos menstruais regulares quando terminam a fase de aleitamento.
  • Síndrome do Intestino Irritável, Tuberculose, Diabetes e algumas doenças do fígado podem causar interrupção do ciclo menstrual, mas este é um evento raro.

O que fazer se você acha que pode estar grávida?

Se a menstruação desapareceu e você acredita que isso signifique gravidez, proceda da seguinte forma:

  • Faça um teste rápido de gravidez. Existem vários kits rápidos vendidos em farmácia, mas o ideal é procurar seu médico de confiança para fazer uma dosagem sangüínea dos níveis de Beta-HCG.
  • Siga uma dieta balanceada. Diminua o consumo de cafeína para no máximo duas xícaras de café (ou dois copos de refrigerante à base de cola) por dia.
  • Não fume e evite consumir bebidas alcoólicas.
  • Evite contato com gatos devido ao risco de toxoplasmose.
  • Evite contato com pessoas com doenças infecto-contagiosas em atividade.
  • Tome suplementos vitamínicos contendo ácido fólico (seu médico certamente lhe indicará um).
Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

15 de Janeiro de 2009



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: