Publicidade

Artigos de saúde

Como é um bebê normal?

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Artigo:

- Cabeça
- Olhos
- Orelhas
- Nariz achatado
- Boca
- Mama crescida
- Órgãos genitais das meninas
- Órgão genitais dos meninos
- Ossos e articulações
-
Cabelo

Essa discussão sobre características temporárias do recém-nascido é organizada por partes do corpo. Um pequeno número de defeitos congênitos que são inofensivos, porém permanentes também estão incluídos.

Cabeça

1- Moldagem

A moldagem se refere ao formato comprido, estreito e em forma de cone, que resulta da passagem através do canal de parto. Esta compressão da cabeça pode temporariamente esconder a fontanela ("moleira"). A cabeça retorna ao normal em poucos dias.

2- Bossa

Isso se refere ao inchaço no topo da cabeça ou ao longo do couro cabeludo causado pelo líquido empurrado para dentro do couro cabeludo durante o processo de nascimento. A bossa está presente ao nascimento e desaparece em poucos dias.

3- Cefalohematoma

É uma coleção de sangue, causada pelo atrito entre o crânio da criança e os ossos pélvicos maternos durante o parto. O hematoma é normalmente confinado a um lado da cabeça e aparece no segundo dia de vida e pode crescer por mais de cinco dias, podendo permanecer visível até que o bebê tenha de 2 a 3 meses de idade.

4- Fontanela anterior

A "moleira" se encontra no topo da parte frontal do crânio. Ela tem formato de diamante e é recoberta por uma fina camada fibrosa. A função da "moleira" é permitir o crescimento rápido do cérebro. Essa área pulsa normalmente com cada batimento cardíaco. Ela se fecha quando o bebê tem entre 12 a 18 meses de idade.

Olhos

1. Pálpebras inchadas

Os olhos podem estar inchados por causa de pressão na face durante o parto. Eles também podem estar inchados e avermelhados se o colírio de nitrato de prata tiver sido usado. Esta irritação deve desaparecer em 3 dias.

2. Hemorragia subconjuntival

Uma hemorragia em formato de chama, no branco do olho não é incomum, não oferece risco e é causada pelo trauma do nascimento. O sangue é reabsorvido em duas a três semanas.

3. Cor da íris

A íris é normalmente azul, verde, cinza, ou marrom, ou de variações destas cores. A cor permanente da íris é freqüentemente incerta até seu bebê alcançar 6 meses de idade. Bebês brancos nascem com olhos azul-acinzentados. Bebês negros nascem normalmente com olhos marrom-acinzentados. Crianças que terão íris escuras mudam a cor do olho por volta dos 2 meses de idade; crianças que terão íris de cores claras normalmente mudam por volta dos 5 a 6 meses de idade.

4. Entupimento do ducto lacrimal

Se o olho de seu bebê está continuamente úmido, ele pode ter um ducto lacrimal entupido. Isto significa que o canal que normalmente leva lágrimas do olho para o nariz esta bloqueado. É uma condição comum, e mais de 90% dos ductos lacrimais bloqueados desobstruem até que a criança tenha 12 meses de idade.

Orelhas

1. Dobrada

As orelhas de recém-nascidos são comumente macias e moles. Às vezes uma das extremidades se dobra. A orelha voltará a forma normal assim que a cartilagem endurecer durante as primeiras semanas.

2. Covinha na orelha

Aproximadamente 1% das crianças normais tem uma cova pequena na frente da orelha. Este pequeno defeito congênito não é importante a menos que se infeccione.

Nariz achatado

O nariz pode se deformar durante o nascimento ficando achatado ou torto e voltará ao normal por volta de uma semana de idade.

Boca

1. Calo de sucção (ou bolha)

O calo de sucção acontece no centro do lábio superior devido ao atrito constante deste ponto durante a amamentação no peito ou mamadeira. Desaparecerá quando a criança começar a usar o copo. Um calo de sucção também pode se desenvolver no dedo polegar ou no punho.

2. Língua presa

A língua normal em recém-nascidos tem um freio curto e estreito que a conecta ao assoalho da boca. Este freio normalmente se estende com o tempo de movimento e crescimento. Bebês com sintomas de língua presa são raros.

3. Pérolas epiteliais

Pequenos cistos (contendo fluido claro) ou úlceras brancas e rasas podem acontecer ao longo da linha gengival ou no céu da boca. Isto é resultado do bloqueio das glândulas mucosas e desaparecem depois de 1 ou 2 meses.

4. Dentes

A presença de um dente ao nascimento é incomum. Aproximadamente 10% são dentes extras sem uma estrutura de raiz. Os outros 90% são dentes normais nascidos prematuramente. A distinção pode ser feita com uma radiografia. Os dentes extras devem ser removidos por um dentista. Os dentes normais só precisam ser removidos quando ficam bambos (com perigo de sufocamento) ou se causam feridas na língua de seu bebê.

Mama crescida

Mamas inchadas estão presentes durante a primeira semana de vida em muitos bebês do sexo feminino e masculino. Elas são causadas pela passagem de hormônios femininos pela placenta da mãe e permanecem inchadas durante duas ou quatro semanas. Podem ficar inchadas mais tempo em crianças amamentadas no peito e nos bebês do sexo feminino. Um peito pode desinchar um mês ou mais antes do outro. Nunca esprema o peito porque isto pode causar infecção. Procure ajuda médica se a mama inchada desenvolver vermelhidão, calor ou dor.

Órgãos genitais das meninas

1. Lábio vaginal inchado

Os pequenos lábios podem estar inchados em meninas recém-nascidas, por causa da passagem de hormônios femininos pela placenta. O inchaço desaparecerá em duas a quatro semanas.

2. Projeções no hímen

O hímen também pode estar inchado devido ao estrógeno materno e ter projeções, de aproximadamente 12mm, compostas de tecido róseo e liso. Estas projeções normais acontecem em 10% das meninas recém-nascidas e lentamente regridem em duas ou quatro semanas.

3. Corrimento vaginal

Como os hormônios maternos declinam no sangue do bebê, um corrimento claro ou branco pode fluir da vagina ao final da primeira semana de vida. Ocasionalmente o corrimento ficará rosa ou tingido de sangue (falsa menstruação). Este corrimento normal não deve durar mais de 2 ou 3 dias.

Órgão genitais dos meninos

1. Hidrocele

O escroto do recém-nascido pode estar cheio de fluido claro. O fluido é empurrado para o escroto durante o nascimento. Este fluido claro é chamado "hidrocele". A hidrocele é comum em recém-nascidos do sexo masculino e pode levar de 6 a 12 meses para desaparecer completamente. Não causa maiores problemas, mas deve ser reavaliada através de consultas regulares. Se a hidrocele mudar de tamanho freqüentemente, deve haver uma hérnia associada e então deve-se procurar um médico.

2. Testículos que não descem

O testículo não está no escroto em aproximadamente 4% dos recém-nascidos a termo (nascidos no tempo certo) do sexo masculino. Muitas vezes estes testículos descem gradualmente para a posição normal durante os meses seguintes. Em meninos de 1 ano de idade, só 0.7% têm testículos que não desceram; estes testículos precisam ser corrigidos cirurgicamente.

3. Prepúcio apertado

A maioria dos recém-nascidos do sexo masculino, não circuncisados, tem um prepúcio apertado o que não permite a exposição da cabeça do pênis. Isto é normal e o prepúcio não deve ser retirado.

4. Ereções

Ereções são comuns nos recém-nascidos do sexo masculino, assim como em todas as idades. Elas são normalmente estimuladas pela bexiga cheia. As ereções demonstram que os nervos penianos são normais.

Ossos e articulações

1. Quadris apertados

O médico de sua criança testará o quanto as suas pernas podem ser separadas para se certificar que os quadris não são muito apertados. A abertura das pernas até que elas atinjam o plano horizontal, quando estão dobradas, é chamada "90 graus de abertura" (Menos de 50% dos recém-nascidos normais alcançam essa abertura completa). A abertura de 60 graus em cada perna é considerada normal. A causa mais comum de quadris apertados é a luxação de quadril.

2. Torção da tíbia

A parte inferior da perna de seu bebê (tíbia) freqüentemente fica encurvada por causa da posição que ela ficara dentro do útero. Ao levantar seu bebê, você também poderá notar isto. Essas curvas são normais e desaparecerão quando ele estiver caminhando por volta de 6 a 12 meses.

3. Pé virado para cima, para dentro, ou para fora

O pé pode se virar em qualquer direção dentro do útero apertado por ser flexível e pode voltar facilmente a posição normal entre 6 e 12 meses de idade.

4. Segundo dedo do pé maior que o dedão

O segundo dedo do pé é maior que o dedão devido à hereditariedade em alguns grupos étnicos mediterrâneos, especialmente os egípcios.

5. Unhas dos dedos do pé encravadas

Muitos recém-nascidos têm unhas macias que se dobram e encurvam facilmente. Porém, elas não são verdadeiramente encravadas porque não entram na carne.

Cabelo

1. Cabelo temporário

Os cabelos ao nascimento, na maioria das vezes, são escuros. Este cabelo é temporário e começa a cair por volta de 1 mês de idade. Em alguns bebês ele cai gradualmente enquanto o cabelo permanente está nascendo; em outros isto acontece rapidamente e o bebê fica temporariamente careca. O cabelo permanente aparecerá por volta dos 6 meses e pode ter uma cor completamente diferente do inicial.

2. Penugem (lanugem)

Lanugem é o pêlo felpudo que às vezes está presente nas costas e ombros do recém-nascido. Ele é mais comum em crianças prematuras e soltará sozinho, por volta de duas ou quatro semanas de idade.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.                                        14 de fevereiro de 2008



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: