Publicidade

Artigos de saúde

Caspa

© Equipe Editorial Bibliomed

Neste Arigo:

- O que causa a caspa?
- Como é feito o tratamento?

Apesar da caspa não ser uma doença contagiosa, ela pode ser embaraçosa e surpreendentemente persistente.

Na maioria dos casos, os sinais e sintomas da caspa são inconfundíveis: pequenos flocos brancos e oleosos de pele morta que se espalham sobre os ombros e uma coceira permanente no couro cabeludo. Esta descamação associada à coceira pode ser causada por vários distúrbios diferentes, incluindo pele ressecada, dermatite seborreica, psoríase e eczema.

O que causa a caspa?

Há algum tempo, a caspa era atribuída à pele ressecada ou oleosa, uso inadequado de xampus, dietas pouco nutritivas, estresse e cosméticos irritantes. Apesar de alguns destes fatores poderem acentuar ou contribuir para o desenvolvimento da caspa, o verdadeiro responsável pode ser um fungo microscópico chamado Malassezia.

A Malassezia vive no couro cabeludo da maioria das pessoas adultas, sem causar qualquer problema. Contudo, em alguns casos, ela pode crescer exageradamente, alimentando-se das secreções oleosas produzidas pelos folículos pilosos. Esta proliferação da Malassezia causa irritação e estimula a produção de células, o que termina aumentando a quantidade de células mortas no couro cabeludo, produzindo a chuva de flocos esbranquiçados típica da caspa.

Ainda não se sabe exatamente o que causa o crescimento exagerado da Malassezia, mas alguns fatores de risco são bem conhecidos, tais como:

  • Estresse
  • Aumento da oleosidade da pele
  • Variações hormonais
  • Doença de Parkinson e outros distúrbios neurológicos
  • Diminuição da imunidade
  • Limpeza pouco freqüente ou inadequada do couro cabeludo

Como é feito o tratamento?

A caspa é um problema crônico que pode ser controlado. Contudo, seu tratamento exige paciência e persistência. De um modo geral, a descamação leve pode ser resolvida utilizando-se diariamente um xampu suave para reduzir a oleosidade do couro cabeludo.

Se o xampu suave não for capaz de resolver o problema, o passo seguinte é utilizar xampus com propriedades anticaspa. O uso deve ser diário até o controle da caspa, passando então para 2 ou 3 aplicações por semana. É importante permitir que o xampu aja por no mínimo 5 minutos antes de ser enxaguado.

Caso estes cuidados não surtam efeitos, você procurar seu médico de confiança. Ele provavelmente irá receitar tratamentos mais agressivos e específicos para controlar o problema.

Outros cuidados que você pode tomar para evitar a caspa incluem:

  • Aprenda a diminuir seu nível de estresse. O estresse afeta a saúde como um todo, tornando seu organismo suscetível a várias doenças, incluindo a caspa.
  • Lave a cabeça com freqüência, principalmente se você possui pele oleosa. Seque bem o cabelo após o banho.
  • Dê um tempo nos produtos cosméticos, como laquês, mousses, tinturas e outros.
  • Siga uma dieta saudável, com alimentos ricos em zinco, vitamina B e ácidos graxos essenciais.
  • Pegue um pouco de sol, pelo menos 15 minutos no início da manhã ou no final da tarde.
Copyright © 2008 Bibliomed, Inc. 22 de setembro de 2008



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: