Publicidade

Artigos de saúde

Sintomas de Emergência que não se deve Descuidar

Alguns sintomas de emergência são difíceis de reconhecer, ou melhor, não são considerados graves por alguns pais. Quase todos os pais não ignoram nem subestimam a importância de uma queimadura extensa, uma hemorragia profusa, asfixia, um ataque convulsivo ou um estado de coma. Porém, se seu filho tem algum dos seguintes sintomas, você também deve procurar o médico imediatamente.

- Recém-nascido enfermo

Se seu filho tiver menos de um mês de idade e apresentar qualquer sintoma de doença, o problema pode ser grave.

- Letargia grave

A fadiga durante uma doença é normal, mas observe se seu filho fixar os olhos no espaço, não sorrir, não brincar, estiver muito fraco para chorar, estiver flácido, ou se for difícil despertá-lo. Estes são sintomas graves

- Dor intensa

Se seu filho chorar quando tocá-lo ou movê-lo, isto pode ser um sintoma de meningite. Uma criança com meningite também não gosta que a pegue no colo. Gritos constantes e incapacidade de dormir também indicam dor intensa.

- A criança não conseguir andar

Se seu filho já aprendeu a andar e em seguida perder a capacidade de ficar de pé ou caminhar, provavelmente pode ter uma lesão grave nas pernas ou um problema agudo de equilíbrio. Se seu filho caminhar inclinado para a frente, segurando o abdômen com as mãos, é provável que ele tenha um problema abdominal grave, tal como uma apendicite.

- Abdômen dolorido ao toque ou à pressão

Pressione o abdômen de seu filho enquanto estiver sentado em seu colo. Normalmente seria possível apertar a região para dentro com os dedos a uma profundidade de aproximadamente 2.5cm, sem encontrar resistência. Se seu filho empurra sua mão ou grita, isto pode ser significativo. Se o abdômen além disto está inchado e duro, o problema pode ser ainda mais perigoso.

- Testículo ou escroto dolorido ao toque ou à pressão

O início repentino de dor na região inguinal pode ser causado pela torção do testículo. Isto requer cirurgia imediata em menos de 8 horas para recuperar o testículo.

- Respiração difícil

Você deverá avaliar a respiração de seu filho após ele haver assoado o nariz e quando a criança está tossindo. Se seu filho tiver dificuldade para respirar ou tem sibilância (chiados) óbvios, precisa ser examinado por um médico imediatamente. Outros sinais de dificuldade para respirar são uma freqüência respiratória de mais de 60 respirações por minuto, coloração azulada nos lábios e retrações (movimentos musculares para dentro) dos músculos entre as costelas.

- Lábios azulados

A cor azulada dos lábios, ou cianose, pode indicar que há diminuição da quantidade de oxigênio na corrente sangüínea.

- Babar

O começo repentino do ato de babar, especialmente associado à dificuldade para engolir, pode significar uma infecção grave das amígdalas, da garganta ou epiglote (parte superior da laringe).

- Desidratação

Desidratação significa que a quantidade de líquidos no corpo está inferior à normal. A desidratação geralmente se apresenta após vômitos intensos e/ou diarréia. Você deve suspeitar de desidratação se seu filho não urinar em 8 horas, se o choro não produz lágrimas, se a boca está seca ao invés de úmida ou se a fontanela ("moleira") está funda. A desidratação requer reposição imediata de líquidos pela boca ou por via intravenosa.

- Inchaço na fontanela

Se a fontanela anterior ("moleira") está tensa e inchando, o cérebro está sob pressão. Como a fontanela normalmente incha durante o choro, avalie-a quando a criança estiver tranqüila e em posição reta.

- Rigidez da nuca

Para avaliar se o pescoço está rígido, deite seu filho, então levante a cabeça dele até que o queixo toque o centro do peito. Se há resistência, ponha um brinquedo ou outro objeto que o interesse sobre o estômago dele de forma que seja necessário flexionar o pescoço para vê-lo. O pescoço rígido pode ser um sinal precoce de meningite.

- Lesão no pescoço

Independente dos sintomas, como existe risco de ocorrer lesão na medula espinhal, consulte o médico de seu filho a respeito de qualquer lesão no pescoço.

- Manchas de cor púrpura

As manchas de cor púrpura ou vermelho-sangue na pele podem ser um sinal de infecção grave da corrente sangüínea, exceto, logicamente, os hematomas de causa conhecida.

- Febre de mais de 40.6ºC

Todos os sintomas mencionados anteriormente são indicadores mais precisos de enfermidade grave do que o nível da febre. Todos estes sintomas podem apresentar-se com febre baixa assim como com febre alta. Apenas quando a temperatura sobe além de 40.6ºC a causa da febre com freqüência é uma infecção grave. Nos bebês, uma temperatura retal menor do que 36.5ºC também pode indicar algo grave.

Escrito por B.D. Schmitt, M.D., autor de "Your Child's Health", Bantam Books.
Copyright 1999 Clinical Reference Systems



Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: