Notícias de saúde

Agência Europeia de Medicamentos diz que vacina Oxford-AstraZeneca é segura

12 de março de 2021 (Bibliomed). Nos últimos dias, alguns países suspenderam o uso da vacina Oxford-AstraZeneca para COVID-19 por suspeita de que seu uso esteja associado ao aumento de coágulos sanguíneos. Contudo, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA), o órgão regulador de medicamentos da União Europeia, diz que não há indicação de que a vacina Oxford-AstraZeneca Covid-19 esteja associada a um risco aumentado de coágulos sanguíneos.

A declaração veio depois que vários países, incluindo Dinamarca e Noruega, suspenderam o uso do medicamento. A suspensão ocorreu após relatos de que um pequeno número de pessoas desenvolveu coágulos após receber a vacina. Também houve relatos de que um homem de 50 anos morreu na Itália em decorrência de trombose venosa profunda (TVP) após uma dose da vacina.

Em nota, a EMA afirmou que "não há atualmente nenhuma indicação de que a vacinação tenha causado essas condições, que não estão listadas como efeitos colaterais com esta vacina". A agência ressaltou, ainda, que “os benefícios da vacina continuam a superar seus riscos e a vacina pode continuar a ser administrada enquanto a investigação de casos de eventos tromboembólicos está em andamento”.

Foram relatados 30 casos de “eventos tromboembólicos” entre os mais de cinco milhões de europeus que receberam ao menos uma dose da vacina. De acordo com a EMA, esse número de casos em pessoas vacinadas não era maior do que na população em geral.

Fonte: BBC News. March 11, 2021.

Copyright © 2021 Bibliomed, Inc.

Copyright © 2021 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários