Notícias de saúde

New England Journal of Medicine pede a eleitores que removam os atuais líderes políticos dos EUA

08 de outubro de 2020 (Bibliomed). O New England Journal of Medicine, que começou a ser publicado em 1812 e é considerado uma das mais prestigiosas publicações médicas do mundo, surpreendeu hoje (08/10/2020) ao trazer em seu editorial um pedido direcionado aos eleitores norte-americanos: retirem do poder os atuais líderes políticos dos Estados Unidos.

Sem endossar um candidato, mas oferecendo uma crítica feroz à liderança do governo Trump durante a pandemia, o Editorial denuncia as falhas cometidas pela atual administração norte-americana no combate e prevenção ao coronavírus. “A Covid-19 criou uma crise em todo o mundo. Esta crise produziu um teste de liderança. Sem boas opções para combater um novo patógeno, os países foram forçados a fazer escolhas difíceis sobre como responder. Aqui nos Estados Unidos, nossos líderes falharam nesse teste. Eles receberam uma crise e a transformaram em uma tragédia”, diz o Editorial.

“A magnitude dessa falha é surpreendente”, continua o Editorial. “De acordo com o Centro Johns Hopkins de Ciência e Engenharia de Sistemas, os Estados Unidos lideram o mundo em casos de Covid-19 e em mortes devido à doença, superando em muito os números em países muito maiores, como a China. A taxa de mortalidade neste país é mais do que o dobro do Canadá, excede a do Japão, um país com uma população vulnerável e idosa, por um fator de quase 50, e até supera as taxas em países de renda média baixa, como Vietnã, por um fator de quase 2.000”.

Segundo os Editores, “o motivo pelo qual nunca publicamos um editorial sobre eleições é que não somos uma revista política, e não acho que queremos ser uma revista política - mas a questão aqui gira em torno de fatos, não de opinião. Muitos erros foram cometidos não apenas tolos, mas imprudentes, e acho que queremos que as pessoas percebam que existem verdades aqui, não apenas opiniões”.

O Editorial concluiu: “Qualquer outra pessoa que desperdiçasse vidas e dinheiro de maneira imprudente dessa forma estaria sofrendo consequências legais. Nossos líderes reivindicaram imunidade por suas ações. Mas esta eleição nos dá o poder de julgar. Pessoas razoáveis certamente discordarão das muitas posições políticas assumidas pelos candidatos. Mas a verdade não é liberal nem conservadora. Quando se trata da resposta à maior crise de saúde pública de nosso tempo, nossos atuais líderes políticos demonstraram que são perigosamente incompetentes. Não devemos incitá-los e permitir a morte de milhares de americanos, permitindo que mantenham seus empregos”.

O Editorial completo do New England Journal of Medicine do dia 08 de outubro de 2020 pode ser lido (em inglês) AQUI.

Fonte: New England Journal of Medicine 2020; 383:1479-1480.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários