Notícias de saúde

Brasil registra primeira morte por coronavírus

17 de março de 2020 (Bibliomed). O Brasil anunciou, na manhã desta terça-feira (17/03), a primeira morte em decorrência do COVID-19. O homem de 62 anos tinha diabetes, hipertensão e hiperplasia prostática (aumento benigno da próstata), e estava internado em um hospital particular de São Paulo, veio a óbito às 16h03 da segunda-feira (16/03). Outras quatro mortes, também em São Paulo, estão sendo investigadas.

Novos estudos realizados em pacientes com COVID-19 apontam que doenças pré-existentes podem aumentar o risco de desenvolver a forma grave de COVID-19. Análise publicada revista The Lancet Respiratory Medicine mostrou que pacientes com doenças cardíacas, hipertensão ou diabetes têm maior risco de infecção grave por COVID-19 resultante em morte.

Até a manhã desta terça-feira, o país contava com 301 casos da doença confirmados pelas secretarias de saúde dos estados. Pela contagem do Ministério da Saúde, são na 234 confirmados e 2.064 casos suspeitos. No mundo, são quase 180 mil pessoas no mundo e mais de sete mil mortes.

São Paulo é o estado com o maior número de casos: 152 confirmados e 1.777 suspeitos. A administração estadual adotou medidas para tentar suprimir o avanço da doença, como a suspensão das aulas e a restrição de eventos. Além disso, o governo disse que vai avaliar a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) para realização de exames em todos os casos suspeitos. Na última sexta-feira (13/03), o governo anunciou que, na rede pública, apenas pacientes internados seriam submetidos ao teste laboratorial.

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. 17 de março de 2020.

Copyright © 2020 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários