Notícias de saúde

O que as mulheres querem na contracepção?

20 de dezembro de 2019 (Bibliomed). Pesquisas apresentadas no American Society for Reproductive Medicine’s 75th Scientific Congress and Expo, em Philadelphia, revelaram padrões interessantes sobre como as mulheres usam contraceptivos atualmente e quais preferências em relação a estes medicamentos podem estar se modificando.

Investigadores da Universidade de Cincinnati pesquisaram pacientes nas Clínicas de Saúde da Mulher da Universidade. Um pouco mais de 100 mulheres participaram. 26% das entrevistadas indicaram ter tido uma gravidez não planejada e 20% tiveram uma infecção sexualmente transmissível (DST). 95% das mulheres sexualmente atraídas por homens usavam alguma forma de contracepção, sendo a pílula hormonal de 85% a mais popular. Quinze por cento das mulheres relataram ser incapazes ou inseguras se conseguiram usar o método contraceptivo preferido; 13% relataram pressão de um parceiro para não usar contracepção; e 22% relataram sentir-se pressionados a não usar um método para proteção das DST. Quando perguntadas se elas estariam interessadas ??em um produto auto administrado para evitar a gravidez e as DSTs, 39% relataram que sim, com outras 31% relatando que não tinham certeza.

Segundo os autores do estudo, caso de deseje avançar as ofertas de contraceptivos, é vital que se descubra o que as pacientes estão procurando.

Uma melhor compreensão da ciência por trás da contracepção e as maneiras de traduzir essa ciência para o cuidado das pacientes são essenciais, pois estão se desenvolvendo novos contraceptivos. Este estudo forneceu informações importantes sobre como as mulheres usam métodos contraceptivos, e o que buscam com este uso.

Fonte: American Society for Reproductive Medicine’s 75th Scientific Congress and Expo. Philadelphia, 2019.

Copyright © 2019 Bibliomed, Inc.

Veja também

Faça o seu comentário
Comentários