Publicidade

Notícias de saúde

Sexo pode curar o soluço

15 de outubro de 2012 (Bibliomed). Soluçar (causado por espasmos do músculo diafragma) é algo chato, e todo mundo tem uma receita própria de como fazer esse incômodo parar.

A maioria das técnicas do senso comum envolve duas possibilidades:

  • a distração de quem está soluçando, tirando a atenção dos recursos do cérebro dos nervos responsáveis pelo soluço – perguntando o que a pessoa comeu de café da manhã por exemplo.
  • a interferência através de estímulos em partes do corpo que estejam envolvidas no processo do soluço – tomar um copo de água, massagear a garganta ou comer algo.

Pode ser uma boa idéia combinar essas duas abordagens. Segurar a respiração, por exemplo, interrompe o movimento normal do diafragma enquanto aumenta os níveis de dióxido de carbono no corpo, fazendo com que o cérebro se esqueça dos soluços e se concentre na falta de oxigênio. O susto tem a mesma vantagem, já que estimula o sistema simpatético nervoso e afeta o padrão respiratório.

Porém, uma técnica pouco conhecida também pode ser interessante. Pesquisadores canadenses descobriram um método surpreendente para a cura do soluço – a relação sexual. Eles relataram o caso de um homem que soluçou durante quatro dias e se curou após ejacular ao fazer sexo com sua esposa.

“Sob circunstâncias em que a relação sexual com o parceiro não é possível, a masturbação pode ser usada como um modo de tratar soluços intratáveis”, dizem os pesquisadores em seu estudo, publicado no periódico Canadian Family Physician.

Fonte: Live Science, 9 de outubro de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: