Publicidade

Notícias de saúde

Excitação sexual pode diminuir sensação de nojo

14 de setembro de 2012 (Bibliomed). O nojo é uma sensação que nos ajuda a evitar situações que poderiam nos fazer mal. . A relação sexual envolve algumas questões – por exemplo os fluídos corporais - que podem ser vistas com asco. Mas uma nova pesquisa mostra como essa atividade potencialmente nojenta se torna agradável. De acordo com um estudo desenvolvido na Universidade de Groningen (Holanda), a excitação sexual pode reduzir a sensação de nojo.

Os pesquisadores pediram a 90 mulheres heterossexuais que completassem tarefas consideradas nojentas, como beber leite com um inseto no copo ou colocar seus dedos em um recipiente com camisinhas usadas. As voluntárias não sabiam que as situações eram simuladas – nos exemplos acima, o inseto era de plástico e as camisinhas eram novas e haviam apenas sido cobertas de lubrificante.

As mulheres foram também expostas a vídeos. Um terço assistiu a um filme erótico destinado ao público feminino, outro terço assistiu a vídeos de esportes que induziam a liberação de adrenalina e o terceiro grupo assistiu imagens de um passeio de trem.

A análise do experimento mostrou que as mulheres que haviam sido expostas a material sexualmente excitante sentiram menos asco na realização das tarefas propostas.

“A partir de um ângulo clínico, esses resultados nos dão mais conhecimento sobre os problemas da excitação sexual e distúrbios sexuais de dor - por exemplo, o vaginismo e a dispareunia. Esses são dois distúrbios que fazem com que a penetração  pênis-vagina seja completamente impossível ou possível mas com dor”, explica a pesquisadora Charmaine Borg. “Talvez em mulheres com disfunções sexuais como a dispaurenia ou o vaginismo, a excitação não tenha impacto no nojo. (Isso pode causar problemas como a falta de lubrificação adequada) aumentando a fricção e causando problemas como dor durante a relação”, completa.

A pesquisa foi publicada no periódico PLoS ONE.

Fonte: Live Science, 12 de setembro de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: