Publicidade

Notícias de saúde

Conheça os conselhos de saúde dos atletas olímpicos

03 de agosto de 2012 (Bibliomed). As Olimpíadas chamam a atenção do mundo inteiro para um assunto importante – a prática de exercícios e a manutenção de bons hábitos de saúde.
A equipe do site metro.us reuniu entrevistas com diversos atletas olímpicos que revelaram dicas básicas  que podem ser muito benéficas para o bem estar do corpo. Confira alguns temas abordados pelos jornalistas e os conselhos dos esportistas.

Os atletas entrevistado preferem não ver suas dietas como restrições, e sim como planos saudáveis de alimentação, dando preferência a alimentos magros. De acordo com Dominique Moceanu, ginasta aposentado, algo que o ajuda a seguir seu plano é a determinação de um dia na semana em que ele pode “trapacear” a dieta. Ao se permitir a comer algo de que normalmente ele deveria se abster, ele evita fugir da dieta e também os sentimentos de culpa que surgem ao ingerir algo que não devia. Assim, os alimentos favoritos do atleta se tornam recompensas da sua disciplina, e não punições e desapontamentos. Essas “trapaças” passam então a ser uma motivação para a alimentação saudável.

Os alimentos são o nosso combustível para as atividades diárias, e por isso é preciso escolhê-los muito bem. A ginasta Jordyn Wieber aconselha o consumo de muita proteína e de vegetais. Já a nadadora Summer Sanders  alerta para a importância do café da manhã : “como uma atleta e uma criança em crescimento, minha mãe me dizia todo dia, ‘você têm que ter um bom café da manhã. Alguma coisa que grude nas suas costelas’. Ela me fazia acreditar que o que eu estava comendo estava indo direto para as minhas costelas e que ia ser usado para as minhas disputas na natação. Eu rapidamente percebi que o que eu estava colocando na minha boca era combustível para o meu dia. E agora com os meus filhos, eu lembro eles o tempo todo de que você (...) não pode ter um ótimo dia sem um ótimo começo”.

Mas não foi apenas a alimentação que foi discutida pelos atletas. Alguns abordaram a prática de exercícios, como a jogadora de futebol Christie Rampone, que alerta que no começo de novas rotinas de exercício é preciso ir com calma e paciência, já que as primeiras duas semanas causam mais dores e cansaço. Ela aconselha também que a pessoa se exercite com um amigo ou se matricule em aulas.

A flexibilidade também é importante para atletas, e a corredora de obstáculos Lolo Jones faz vídeos de yoga para manter a elasticidade do corpo. Ela afirma que um benefício que vêm dessa prática é o relaxamento, que também a ajuda com o seu esporte.

Antes de iniciar qualquer prática esportiva, é essencial consultar um médico que poderá indicar a melhor atividade para cada indivíduo e também os cuidados necessários para cada pessoa.

Leia a matéria completa no site Metro US.

Fonte: Metro US, 24 de julho de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: