Publicidade

Notícias de saúde

Medo de aranha pode ser curado em duas horas

23 de maio de 2012 (Bibliomed). As fobias não são incomuns, mas elas podem causar diversas dificuldades nas vidas das pessoas afetadas. Uma nova terapia promete curar a fobia de aranhas em apenas duas horas, mas de uma forma que pode assustar os pacientes – através do contato direto com o bicho.

Apesar de a interação com a aranha ser exatamente o que a pessoa com fobia mais teme, ela pode ser necessária para que a resistência do cérebro a ela seja revertida.

A terapia de exposição, que dura cerca de duas horas, é capaz de mudar a atividade nas regiões do cérebro relacionadas ao medo apenas alguns minutos após a sessão ter sido concluída.

“Antes do tratamento, alguns desses participantes não andavam na grama por medo de aranhas ou ficavam fora de suas casas ou quartos por dias quando eles achavam que uma aranha estava lá”, explica a autora Katherina Hauner, da Universidade Northwestern (Estados Unidos). Ela afirma que após uma única sessão de até três horas de duração “eles eram capazes de andar até uma tarântula e tocá-la ou segurá-la”.

A pesquisadora espera que a técnica mostre a pessoas sofrendo com fobias que existem tratamentos eficientes para seus problemas, que podem levar apenas horas para serem curados. Porém, ela ressalta que alguns casos podem levar mais tempo para serem solucionados. “Não é fácil ainda. Isso envolve a motivação de superar o seu medo”, completa Hauner.

A terapia foi relatada no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences.

Live Science: Live Science, 21 de maio de 2012.

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: