Publicidade

Notícias de saúde

Irmãos de autistas podem ter problemas de desenvolvimento

18 de maio de 2012 (Bibliomed). Uma nova pesquisa americana mostra que uma em cada três crianças que têm um irmão mais velho com algum distúrbio relacionado ao autismo mostra níveis mais altos de comportamento relacionado a essa condição ou níveis mais baixos de desenvolvimento.

O autismo é uma doença que causa diversos problemas de interação e comunicação. Além desse novo estudo, a literatura médica possui pesquisas que indicam que uma em cada cinco crianças com um irmão autista desenvolvem um distúrbio semelhante.

“Está claro que os irmãos mais novos de uma criança com distúrbio de espectro autista podem enfrentar desafios mesmo que elas mesmas não sejam diagnosticadas (com uma dessas condições). Esse novo trabalho identifica classes de resultados dessas crianças”, explica o pesquisador Daniel Messinger, da Universidade de Miami.

O estudo mostra que as crianças encontram dificuldades de interação com colegas da mesma idade, menor funcionamento verbal e não verbal e baixos níveis de interesse no seu ambiente, dentre outros problemas.

“Nós descobrimos que a maioria desses irmãos de alto risco parece estar se desenvolvendo normalmente. Porém, uma proporção mais alta do que a esperada dessas crianças enfrenta desafios relacionados a comportamentos de níveis altos de autismo ou níveis mais baixos de desenvolvimento de funcionamento verbal e não verbal”, completa Messinger.

Os resultados encontrados podem ajudar médicos e outros profissionais da saúde a prevenirem essas complicações e ajudarem as crianças a obterem um desenvolvimento adequado.

A pesquisa foi apresentada na International Meeting for Autism Research, em Toronto, no Canadá.

Fonte: Live Science, 16 de maio de 2012

 

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: