Publicidade

Notícias de saúde

Meninas são mais afetadas pelo fumo passivo do que meninos

30 de março de 2012 (Bibliomed). Segundo pesquisa University of Cincinnati College of Medicine, nos Estados Unidos, as meninas parecem sofrer mais que os meninos com os efeitos do fumo passivo. Brunst Kelly, pesquisador responsável pelo estudo, diz que os efeitos diferenciais de gênero da exposição ao fumo passivo foi detectado através de um biomarcador interno para no fumo passivo.

O estudo foi publicado na revista Pediatric Allergy and Immunology e mostrou que crianças que foram expostas ao fumo passivo e apresentaram alergias durante a primeira infância (ate os dois anos de idade) estavam em maior risco para a diminuição da função pulmonar aos sete anos de idade, quando comparadas a crianças que não tinham o mesmo histórico.

No estudo pode-se perceber que a função pulmonar das meninas foi seis vezes pior do que nos meninos que foram expostos a níveis semelhantes tanto de fumo passivo quanto de sensibilização a alérgenos.

Fonte: UPI, 29 de março de 2012

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: