Publicidade

Notícias de saúde

Asma induzida pelos exercícios é problema sério em atletas profissionais

13 de janeiro de 2012 (Bibliomed). Atletas ativos em esportes de resistência têm um risco aumentado de aquisição de asma através de suas atividades esportivas, especialmente os esquiadores, nadadores e atletas de outros esportes de resistência. A asma pode estar presente desde a primeira infância ou se desenvolver durante a prática de esportes ativos. O quadro da asma induzida por exercícios foi abordado em artigo publicado na revista British Journal of Sports Medicine.

A asma induzida pelo exercício (AIE) é encontrada em 8 a 10% de uma população normal de crianças em idade escolar e em cerca de 35% das crianças com asma atual. AIE é causada pela ventilação significativamente maior durante o exercício, com o aumento de calor e perda de água através da respiração, levando à constrição dos brônquios.

O risco de desenvolver asma em jovens atletas é relacionado com o dano epitelial aumentado das vias aéreas, a demora do reparo devido à repetição diária das atividades e o aumento da inflamação da mucosa das vias aéreas. O aumento da exposição ambiental, por meio da atividade esportiva, aos agentes ambientais, como o ar frio e seco em esquiadores e compostos de cloro em nadadores acarreta piora dos sintomas e sinais de asma e hiperreatividade brônquica, ou um agravamento da asma já existente.

Segundo os autores, vários aspectos específicos da vida diária de treinamento, exposição ambiental, procedimentos diagnósticos e aspectos de tratamento relacionados com a regulamentação do uso de medicamentos nos esportes necessitam de especial atenção quando se trata do atleta adolescente com sintomas respiratórios.

Fonte: British Journal of Sports Medicine, Volume 45, Issue 16, 2011, Pages 1266-1271

Copyright © 2012 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: