Publicidade

Notícias de saúde

Terapia Anti-HIV com Dose Única Diária Tem Bom Resultado

Por Stephen Pincock

NOVA ORLEANS (Reuters Health) - Uma combinação de drogas que combate o HIV com dose única diária parece reduzir os níveis do vírus no sangue em pacientes contaminados que nunca receberam qualquer outro tratamento, informaram pesquisadores franceses durante o 38 Encontro Anual da Sociedade de Doenças Infecciosas da América, em Nova Orleans, na semana passada.

No pequeno estudo, 40 pessoas HIV positivas assintomáticas tomaram um total de cinco pílulas incluindo três drogas -- emtricitabine, didanosine e efavirenz na hora de dormir.

A didanosine e a efavirenz estão aprovadas para tratamento do HIV, mas a emtricitabine ainda não foi aprovada e está disponível apenas para testes clínicos.

O regime de drogas não incluiu inibidor de protease, a poderosa classe de drogas responsável pela queda nas mortes relacionadas à Aids.

Jean Michel Molina, do Hospital Pellegrino, em Bordeaux (França), apresentou os dados de um estudo de 48 semanas mostrando que 95 por cento dos pacientes mantiveram os níveis de vírus abaixo de 400 cópias por milímetro de sangue e que a maioria ganhou células CD4 que lutam contra infecções.

Os participantes do estudo começaram o teste com 5 mil cópias de vírus por milímetro de sangue.

Depois da apresentação, Molina disse aos repórteres, que "esses pacientes ainda estão em tratamento agora e enfrentam bem o tratamento", um ano e meio depois de iniciado o estudo.

"Os resultados que temos visto parecem melhores daqueles que têm sido vistos em outros estudos", acrescentou Molina.

"Há, provavelmente, uma série de razões para termos este nível de sucesso, um é a eficácia do regime desta combinação tríplice e a outra é a boa adesão dos pacientes ao regime", explicou Molina.

O regime de drogas que muitas pessoas infectadas pelo HIV tomam atualmente são complicados. Os pacientes podem ter de tomar pílulas em diversas combinações em momentos diferentes do dia.

Pesquisadores e fabricantes de drogas estão tentando desenvolver terapias mais convenientes para que as pessoas sejam menos suscetíveis a errar as doses.

Os pacientes estavam tomando um total de cinco pílulas por dia. Embora seja possível tomar menos pílulas com outras combinações de drogas, "este é o único regime de drogas de dose diária única estudado até agora e acho que poderia ser conveniente para o paciente", disse Molina.

O tratamento com dose diária única foi atrativo para os pacientes que se inscreveram nesse estudo. Os participantes do estudo nunca haviam sido tratados para HIV, mesmo sabendo que em alguns casos foram diagnosticados anos antes.

Conforme os pesquisadores, o tratamento é fácil de tomar e pode ter encorajado alguns a segui-lo.

"Recrutamos os pacientes para esse estudo durante um mês e alguns pesquisadores e pacientes ficaram desapontados em não serem envolvidos", informou Molina à Reuters Health.

Mesmo que os pacientes desse estudo não tivessem sintomas da Aids, Molina acredita que resultados similares serão verificados entre os que têm a doença em estágio mais avançado, "mas precisamos fazer esse estudo".

Atualmente, a equipe de Molina está realizando uma grande comparação desse tratamento de drogas com outras terapias triplas em que planejam envolver 400 pacientes.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: