Publicidade

Notícias de saúde

Mais sono traz maior consumo de álcool para universitários

16 de junho de 2011 (Bibliomed). Algumas pessoas defendem que os horários das aulas universitárias comecem mais tarde na manhã. Mas pesquisadores acreditam que essa mudança traria desvantagens por permitir que os estudantes passassem a consumir mais álcool.

Uma pesquisa desenvolvida na St. Lawrence University (EUA) analisou 253 estudantes universitários. Os participantes fizeram testes cognitivos e preencheram questionários sobre seus hábitos de sono, horários de aula, uso de substâncias e humor. Eles também mantiveram diários de sono durante uma semana.

Uma análise desses dados levou os cientistas a concluírem que se as aulas começassem mais tarde, os estudantes poderiam mudar suas escolhas e hábitos, passando a dormir mais e a consumir mais bebidas alcoólicas. Essa mudança de hábito poderia prejudicar o sono dos alunos, fazendo com que eles tivessem mais dificuldades de se concentrarem e aprenderem as matérias.

“Os efeitos de aulas que começam mais tarde incluem mais sono”, diz a autora Pamela Thacher, “Mas isso pode ser compensado por pior qualidade de sono, o que pode afetar a habilidade (dos estudantes) se comprometerem, intelectualmente, com os trabalhos do curso”.

A pesquisa foi apresentada na reunião de 25º aniversário da Associated Professional Sleep Societies LLC

Fonte: UPI 15 de junho de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: