Publicidade

Notícias de saúde

Teste faz detecção precoce de problemas de linguagem

01 de junho de 2011 (Bibliomed). Pesquisa realizada no Instituto de Psicologia (IP) da Universidade de São Paulo (USP), normatizou testes que medem o desenvolvimento do vocabulário auditivo e expressivo em crianças de 18 meses a 6 anos, para detecção precoce de atrasos e distúrbios de linguagem.

A pesquisadora Miria Damázio utilizou Testes de Vocabulário Auditivo e Expressivo na realização do estudo, coordenado pelo professor Fernando Cesar Capovilla. Esses testes são compostos por um banco de figuras e desenvolvidos no Laboratório de Neuropsicolinguística 

O estudo avaliou o desenvolvimento do vocabulário auditivo e expressivo de 906 crianças de escolas particulares e públicas das cidades de Ribeirão Pires e Santo André, na Grande São Paulo, os resultados mostraram que o vocabulário da criança cresce de acordo com a idade, com a série escolar, e também com o nível socioeconômico.

Miriam explica que é comprovado cientificamente que o tamanho do vocabulário de uma criança aos dois anos é uma das características que vai garantir seu sucesso na fase escolar. Dessa forma, a aplicação dos testes permite ao educador localizar o problema e intervir precocemente a fim de suprir os problemas futuros de alfabetização.

Fonte: Agência USP, 26 de maio de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: