Publicidade

Notícias de saúde

Nascidos de cesariana têm maior risco de obesidade

20 de maio de 2011 (Bibliomed). Pesquisa da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), da Universidade de São Paulo (USP), mostra que pessoas que nascem de parto cesariano têm risco 58% maior de ficarem obesas quando adultas.  Segundo a autora do estudo, Helena Ayako Sueno Goldani, a possível causa desse índice é a alteração no desenvolvimento ou na composição da microbiota intestinal, que é diferente nas crianças que nascem de parto vaginal com relação às crianças que nascem de cesariana.

Helena explica que no parto cesariana não acontece o contato do bebê com a flora vaginal materna, que parece ser importante para o desenvolvimento da flora intestinal do recém-nascido. A hipótese levantada pelas análises é a de que algumas bactérias presentes no canal do parto tenham efeito benéfico por meio de uma estimulação balanceada do sistema imunológico da criança.

O estudo revelou um dado interessante: o número de cesarianas é maior entre as mulheres com maior nível de escolaridade (45,1%) do que entre as de menor nível de instrução (26,8%). A pesquisa analisou adultos com idade entre 23 e 25 anos, com peso médio de 69,7kg. A taxa de prevalência de obesidade nesses adultos jovens nascidos por cesariana foi de 15,2% contra 10,4% nos nascidos por parto vaginal. A pesquisa revelou ainda que a taxa de obesidade foi maior entre os menos privilegiados economicamente.

Fonte: Agência USP, 17 de maio de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: