Publicidade

Notícias de saúde

Proteína contra vermes

16 de maio de 2011 (Bibliomed). Pesquisadores da Universidade de Manchester, no Reino Unido, descobriam porque algumas pessoas têm proteção natural contra vermes parasitas nocivos enquanto outras não têm essa defesa e acabam infectadas. Cerca de um bilhão de pessoas no mundo sofre com o problema, e essa nova descoberta pode ajudar no desenvolvimento de novos tratamentos e prevenção.

A maior parte dos infectados com vermes parasitas estão em países subdesenvolvidos, e não são apenas pessoas que sofrem desse mal,  mas também animais, especialmente dos domésticos como cães e gatos.

Segundo os pesquisadores, algumas pessoas e animas têm em seu muco intestinal uma substância nociva para vermes. O intestino, onde esses vermes se instalam, é recoberto por uma camada de muco, que é formado por uma mistura complexa de sais, água e grandes proteínas 'revestidas de açúcar', chamadas mucinas, que dão ao muco a sua característica de um gel.

Os cientistas descobriram que a atuação desse gel depende de uma mucina chamada Muc5ac. Em testes realizados com animais, aqueles que não tinham a Muc5ac não conseguiam expelir o Trichuris muris, um verme causador de doença nos animais equivalente ao Trichuris trichiura, que ataca os seres humanos.

"Nossa pesquisa pode ajudar a identificar quem é e quem não é suscetível aos vermes parasitas, e isso pode eventualmente levar a novos tratamentos para pessoas com infecção crônica por parasitas," concluem os pesquisadores.

Fonte: Diário da Saúde, 12 de maio de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: