Publicidade

Notícias de saúde

Proteínas e calorias podem ajudar no tratamento de lesões cerebrais traumáticas

25 de abril de 2011 (Bibliomed). Uma alimentação rica em proteína e alimentos calóricos pode ajudar na recuperação de pacientes que sofreram traumas cerebrais severos. Um relatório publicado pelo Institute of Medicine, nos Estados Unidos afirma que a medida pode ser adotada pelo departamento de defesa americano. De acordo com as sugestões do relatório, pessoas que sofrerem esse tipo de ferimento deverão receber proteínas e calorias imediatamente após o trauma e nas primeiras duas semanas de tratamento.

São poucas as pesquisas que abordam a possibilidade de dietas e nutrientes específicos beneficiarem lesões traumáticas cerebrais, e não existem evidências suficientes para que essa estratégia seja utilizada. Porém, o comitê do instituto identificou algumas substâncias como sendo as áreas mais promissoras para investigação - a vitamina B choline, creatina, ácidos graxos EPA e DHA e zinco.

As informações dadas pelo relatório trazem novos dados para profissionais da saúde, oferecendo um conhecimento mais amplo de quais nutrientes podem ser os mais eficazes e seguros para esse tipo de ferimento. O relatório pode trazer também a definição de novas diretrizes nos cuidados prestados nesses casos.

Lesões cerebrais traumáticas estão entre as principais causas de morte e debilitação entre membros do exército que serviram no Iraque ou no Afeganistão. Esses ferimentos também são um motivo de preocupação para civis, sendo responsáveis por um terço dos ferimentos relacionados a morte nos Estados Unidos.

Fonte: EurekAlert! 20 de abril de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: