Publicidade

Notícias de saúde

Novo guia para cirurgias plásticas pós redução de estômago

04 de abril de 2011 (Bibliomed). O número de pessoas que se submete a cirurgias bariátricas, popularmente conhecidas como “redução de estomago”, cresce vertiginosamente, e com ele, aumentam também as cirurgias plásticas.

Como o emagrecimento após a cirurgia é rápido, a pele não tem tempo de restabelecer sua elasticidade para se adequar as novas formas. Assim, a flacidez e o excesso de pele precisam ser corrigidos nas mesas cirúrgicas.

"Após reduzirem o estômago, estes mesmos pacientes nos procuram para retirar o excesso de pele da barriga, costas e braços, fruto do emagrecimento rápido", afirma Sebastião Guerra, presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Como a cirurgia plástica envolve mais riscos de complicações para pessoas que se submetera à cirurgia bariátrica, a SBPC vai lançar até setembro deste ano um manual com novas regras e diretrizes da cirurgia plástica e contará com um capítulo específico para os pacientes submetidos à bariátrica. O guia está sendo preparado desde o ano passado e contou com a participação de médicos nacionais e internacionais, sendo discutido nos oito congressos médicos brasileiros realizados de lá para cá.

Guerra explica que o paciente que foi obeso, mesmo apresentando uma perda significativa de peso, continua com as veias bem mais dilatadas do que o normal, e isso aumenta as chances de hemorragias durante as plásticas. "Além disso, a própria pele fica com um aspecto diferente. A estrutura óssea de quem conviveu muitos anos com a obesidade também é afetada. Tudo isso interfere no resultado final da plástica. Se você comparar uma mulher que fez bariátrica com uma que quis a lipoaspiração após ter filhos, os resultados da segunda serão melhores", conclui Guerra.

O novo manual de cirurgia plástica, além de orientar médicos e pacientes, tem como objetivo reduzir o número de erros em colocações de prótese de silicone, lipoaspiração e outros tipos de procedimentos estéticos. A especialidade é a que mais concentra processos, segundo relatório divulgado pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp).

Fonte: Prontuário de Notícias, 31 de março de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: