Publicidade

Notícias de saúde

Excesso de atividade física no carnaval pode provocar lesões

01 de março de 2011 (Bibliomed). No carnaval a empolgação toma conta e a maioria das pessoas acaba exagerando no esforço físico e, no dia seguinte, as dores acabam com a festa. As lesões por sobrecarga, aquelas provocadas por excesso de atividade física, são responsáveis por lotar os hospitais e consultórios médicos após o feriado.

Contudo, é possível prevenir, ou pelo menos amenizar os riscos, do surgimento de lesões. A prática regular de atividades físicas, que aumentam a força e resistência do corpo, ajuda na prevenção de lesões, não só no carnaval, mas ao longo do ano. “Ao aumentar a resistência, nosso corpo fica preparado para momentos em que a demanda por esforço físico aumenta”, explica o Dr. Lúcio Honório de Carvalho Júnior, doutor em ortopedia pela Universidade Federal de São Paulo.

O impacto gerado pela dança afeta às articulações da coluna, joelho, tornozelos e quadris. Por isso, pessoas com histórico de problemas nas articulações devem ficar atentas às atividades realizadas durante a folia. Os joelhos são os mais afetados nessa época, já que são responsáveis por absorver o impacto do pulo e dança.

Pessoas que passaram por intervenções cirúrgicas em articulações devem tomar cuidados especiais para brincar o carnaval sem riscos. Se a cirurgia for recente, menos de um mês, é aconselhável maneirar nos movimentos. Quando a intervenção for grande, como cirurgias no joelho, deve-se esperar seis meses, ou o tempo determinado pelo médico, para ir para a festa.

Se mesmo depois de todos esses cuidados, no dia seguinte a dor vier, algumas medidas podem aliviá-la. “Algumas lesões podem ser de tratamento domiciliar, mas seu diagnóstico e medidas terapêuticas devem ser feitas pelo médico”, diz Dr. Lúcio. Compressas quentes ou frias podem ajudar a diminuir o inchaço e as dores, além de medicamentos anti-inflamatórios, repouso e alongamentos, mas, só o ortopedista pode avaliar a gravidade da lesão e indicar o melhor tratamento para ela.

Por Natália Barbosa

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: