Publicidade

Notícias de saúde

Grupo do CNA Pede a Mbeki que Admita Ligação Entre HIV e Aids

JOHANNESBURGO (Reuters) - Um parecer do comitê interno do Congresso Nacional Africano (CNA) da África do Sul pediu ao presidente Thabo Mbeki que abandone seu ceticismo e reconheça que o HIV causa a Aids, informaram os jornais na quinta-feira.

Os jornais do Grupo Independente informaram que o apelo a Mbeki, que até agora se recusa a reconhecer a ligação entre o vírus e a doença, foi feito em um documento confidencial obtido pelo jornal Cape Times, da Cidade do Cabo.

Confidence Moloto, autor e vice-presidente do comitê, confirmou o conteúdo do documento, mas disse que era um relatório sobre um debate interno e não refletia o ponto de vista da CNA.

"Como foi divulgado pela mídia, o documento é sobre o ponto de vista científico predominante de que HIV causa Aids (e isso) é uma visão que o CNA e seus líderes e membros têm de expressar publicamente", disse Moloto à Reuters.

O partido logo tentou desvincular-se do documento, alegando que refletia idéias pessoais do autor.

Em uma explicação bastante clara de sua posição, Mbeki disse à revista Time na semana passada que o HIV poderia ser uma causa da Aids, mas não é a única origem da doença. O presidente, que vem sofrendo críticas por seus questionamentos, designou uma equipe de médicos, incluindo céticos polêmicos sobre a ligação entre HIV e Aids, para reavaliar as origens da doença. A Aids afeta mais de 2 milhões de sul-africanos e está crescendo mais rapidamente no país que em qualquer outro lugar do mundo.

Mbeki citou uma pesquisa pessoal feita pela Internet sobre seu primeiro comentário no ano passado, em que questionou a visão dominante de que a síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids) seja causada pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV).

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: