Publicidade

Notícias de saúde

Pâncreas artificial ajuda pacientes grávidas de diabetes tipo 2

01 de fevereiro de 2011 (Bibliomed). A gravidez para mulheres que sofrem do tipo 2 de diabetes é especialmente complicada, podendo trazer complicações para a gestação e causando sérios riscos à saúde da mãe e do bebê. Esta doença faz com que o pâncreas não produza insulina e organismo do indivíduo seja incapaz de controlar os níveis de açúcar no corpo. É fatal, mas pode ser controlada com injeções de insulina.

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, desenvolveu uma técnica que visa diminuir esses riscos. Eles deram a 10 mulheres um pâncreas artificial. Um sensor media os níveis de açúcar e essa informação dizia a uma bomba de insulina a quantidade que o corpo estava precisando receber do hormônio. Os resultados mostraram que através desse procedimento, a quantidade de açúcar no sangue das pacientes foi mantida a um nível normal.

A Dr. Helen Murphy, pesquisadora de Cambridge, diz que para grávidas que sofrem de diabetes tipo 2, é muito difícil administrar a doença corretamente, já que durante a gestação ocorrem muitas mudanças fisiológicas e hormonais. Os riscos que a doença oferece ao bebê incluem má formação, obesidade e morte neonatal. A mãe pode muitas vezes perder os sinais que indicam uma baixa quantidade de açúcar no sangue e sofrer ataques de hipoglicemia potencialmente fatais.

O Dr. Iain Frame, diretor de pesquisa do órgão britânico, Diabetes UK disse que “Ainda que recente, essa área de pesquisa, fundada pelos nossos doadores, tem potencial enorme para fazer a gravidez muito mais segura para mulheres com diabetes tipo 2 e seus bebês”.

Fonte: BBC Health, 31 de janeiro de 2011

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: