Publicidade

Notícias de saúde

Parar de fumar pode melhorar o colesterol, aponta pesquisa

05 de janeiro de 2011 (Bibliomed). Um recente estudo da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, apresenta mais uma razão para você largar o cigarro. De acordo com os pesquisadores, parar de fumar pode melhorar seus perfis de colesterol, aumentando os níveis de HDL - conhecido como colesterol “bom” - mesmo que você ganhe alguns quilinhos extras.

Avaliando mais de 1,5 mil fumantes que representavam a população americana, incluindo alta proporção de pessoas acima do peso, os especialistas notaram que aqueles que conseguiram parar de fumar durante o estudo tiveram um aumento de 5% - ou 2,4 mg/dL - nos níveis de “bom” colesterol. Além disso, esses voluntários apresentaram aumento nas partículas grandes de HDL - importantes para reduzir os riscos de doença cardíaca. E, segundo os autores, os efeitos eram mais fortes entre as mulheres.

De acordo com os especialistas, se os resultados forem confirmados em pesquisas futuras, eles podem “lançar luz” sobre a forte, mas ainda misteriosa relação entre o tabagismo e a saúde do coração. As estatísticas apontam que até 20% das mortes por problemas cardíacos ocorrem por causa do cigarro, mas os pesquisadores ainda não têm um entendimento completo sobre essa relação. O cigarro pode afetar o sistema cardiovascular de diversas formas, incluindo a redução dos níveis de oxigênio e o desgaste do coração.

Entretanto, também não está claro ainda como a cessação do tabagismo pode melhorar os níveis de colesterol. De acordo com os especialistas, até mudanças no consumo de álcool podem estar envolvidas nessa relação, mas o mais provável é que isso tenha a ver com alterações nas proteínas que controlam a quebra do colesterol - que seriam danificadas pelo cigarro.

Quantidade de cigarro e ganho de peso não atrapalham

Em artigo publicado na edição de janeiro do American Heart Journal, os pesquisadores destacam que o estudo mostra que parar de fumar melhora os níveis de HDL, independentemente de quantos cigarros a pessoa fumava no início do estudo: largar o cigarro tinha os mesmos benefícios para o colesterol daqueles que fumavam em excesso e daqueles que fumavam moderadamente.

Outro fator que não atrapalharia esses benefícios nos perfis de colesterol seria o ganho de peso que, muitas vezes, é apontado como um “efeito colateral” de parar de fumar. Segundo os autores, esses resultados foram surpreendentes, visto que o sobrepeso é apontado como um dos vilões do colesterol.

“Outros benefícios sobre os níveis de colesterol podem ser, na verdade, mascarados pelo ganho de peso visto após parar de fumar”, escreveram os autores. “É importante aconselhar aqueles que estão parando de fumar sobre o ganho de peso e a necessidade de uma dieta saudável e de exercícios regulares durante o período de abandono (do cigarro)”, acrescentaram.

Fonte: American Heart Journal. Janeiro de 2011.

Copyright © 2011 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: