Publicidade

Notícias de saúde

Especialistas defendem exposição ao sol sem proteção em regiões subtropicais

21 de dezembro de 2010 (Bibliomed). Ao contrário do que é largamente recomendado em relação à exposição ao sol - de se evitar principalmente entre 10h e 16h, e sempre usar filtro solar -, especialistas britânicos estão defendendo que tomar sol no meio do dia sem proteção pode ser benéfico para a saúde - mas apenas em curtos períodos e principalmente nas regiões que não tenham sol muito intenso.

Em recente parecer conjunto, sete organizações britânicas destacam que tomar “poucas e frequentes rajadas de sol” sem proteção é importante para manter os ossos fortes e prevenir a osteoporose, visto que a vitamina D - nutriente essencial para os ossos - é produzida pelo organismo com sua exposição ao sol. E os especialistas temem que o medo do câncer de pele esteja fazendo com que as pessoas, principalmente as que vivem em áreas subtropicais, tenham menores níveis de vitamina D do que o recomendado, o que é associado, por diversas pesquisas, ao risco de outros tipos de câncer.

“A proteção do sol com filtro solar de alto fator todo o tempo não é o ideal em termos de níveis de vitamina D”, destacou a professora Rona Mackie, da Associação Britânica de Dermatologistas - uma das instituições que assinam o parecer, junto à Cancer Research UK e a Sociedade Nacional de Osteoporose. “Algumas mensagens sobre a exposição ao sol têm sido muito negativas. O sol de verão do Reino Unido não é excessivamente forte. E não temos muitos dias no ano nos quais ele esteja muito intenso”, completou a especialista.

Por isso, pelo menos no Reino Unido, especialistas recomendam a exposição ao sol de verão de 10 a 15 minutos sem filtro solar diversas vezes por semana - o que seria “um equilíbrio seguro entre os níveis adequados de vitamina D e o risco de câncer de pele - e, no inverno, o consumo de peixes gordurosos, fígado e alimentos fortificados, para ajudar a manter bons níveis de vitamina D. Além disso, o governo britânico já recomenda oficialmente suplementação do nutriente para gestantes e crianças com menos de cinco anos de idade.

Fonte: BBC News. 16 de dezembro de 2010. 

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: