Publicidade

Notícias de saúde

Cerveja pode aumentar risco de doença de pele nas mulheres, diz estudo

25 de agosto de 2010 (Bibliomed). As mulheres que bebem mais de cinco latinhas de cerveja por semana têm o dobro de risco de desenvolver psoríase - doença inflamatória crônica de pele, caracterizada por escamações com coceira -, segundo estudo publicado na edição de agosto da revista Archives of Dermatology. Analisando dados de 82 mil enfermeiras com idades entre 27 e 44 anos, incluindo seus hábitos de consumo de bebidas alcoólicas, cientistas da Universidade de Harvard notaram um aumento de 72% no risco de psoríase entre aquelas que bebiam, em média, mais de 2,3 cervejas por semana, comparadas às que não bebiam.

Entretanto, a pesquisa não indicou os mesmos riscos para aquelas que tomavam vinho ou outras bebidas alcoólicas. “A cerveja comum foi a única bebida alcoólica que aumentava o risco de psoríase, sugerindo que alguns componentes não alcoólicos da cerveja, que não são encontrados no vinho ou nos destilados, podem ter um papel importante no estabelecimento da psoríase”, destaca o pesquisador Abrar Qureshi, líder do estudo.

Os especialistas especulam que a causa do aumento no risco de psoríase pode ser a cevada com glúten, usada na fermentação da cerveja. Isso porque estudos anteriores mostraram que uma dieta sem glúten pode melhorar os casos de psoríase em pacientes sensíveis a esse tipo de proteína, e as pessoas com a doença na pele podem ter uma sensibilidade latente ao glúten.

Para o farmacêutico Ronaldo de Jesus Costa, mestre em genética e biologia molecular que não participou da pesquisa, o estudo é interessante por associar o aumento do risco de uma patologia e já destacar uma possível causa. “Contudo, como os próprios autores indicam, a psoríase possui causa genética, ou seja, o indivíduo já nasce com essa característica imutável. O grande destaque é saber que há um componente não alcoólico na cerveja que pode desencadear essa doença latente”, ressalta o especialista, acrescentando que, as mulheres com alto risco de ter psoríase devem evitar tomar muita cerveja.

Fonte: Portal Educação. Press release. 24 de agosto de 2010.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: