Publicidade

Notícias de saúde

Estudo associa fumo passivo a uma pior saúde mental

08 de junho de 2010 (Bibliomed).  A exposição à fumaça do cigarro pode aumentar o sofrimento psicológico e os riscos de doença psiquiátrica, mesmo entre aqueles que não fumam, segundo recente estudo da University College London, no Reino Unido. Avaliando os níveis de cotinina na saliva - indicador de exposição ao fumo - de 5,5 mil não fumantes e 2,7 mil fumantes sem histórico de doenças mentais, os especialistas descobriram que uma maior exposição ao cigarro estava associada a 50% mais chances de relatar sofrimento psicológico. E os riscos de desenvolver, futuramente, doença psicológica também aumentavam com uma maior exposição ao cigarro, seja ela direta ou indireta.

De acordo com os pesquisadores, houve grandes avanços com as leis de restrição do tabagismo em locais públicos, mas, com isso, “a exposição de segunda mão ao tabagismo em casa está crescendo em importância relativa”. E o novo estudo indica que, além dos péssimos efeitos físicos do tabagismo passivo no organismo, deve haver uma maior preocupação com a saúde mental daqueles que convivem com fumantes dentro de casa.

“Dados de animais sugerem que o tabaco pode induzir um humor negativo, e alguns estudos humanos têm também identificado uma potencial associação entre tabagismo e depressão”, ressaltaram os autores em artigo publicado esta semana na revista especializada Archives of General Psychiatry. “Nossos dados são, portanto, consistentes com outras evidências emergentes em sugerir um papel causal da exposição à nicotina na saúde mental. E, ainda mais importante é que este estudo avança em relação aos anteriores, porque obtivemos avaliações mais precisas da exposição ao fumo passivo usando um indicador bioquímico válido”, acrescentaram. 

Baseados nos resultados e no fato de que um em quatro europeus é afetado por problemas de saúde mental em algum momento da vida, os pesquisadores destacam a importância de medidas para a redução do fumo passivo em nível populacional.

Fonte: University College London. Press release. 07 de junho de 2010.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: