Publicidade

Notícias de saúde

Aumento da cintura pode piorar apneia do sono em crianças, sugere estudo

01 de fevereiro de 2010 (Bibliomed). Para as crianças que têm apneia obstrutiva do sono – condição marcada por interrupções na respiração durante a noite, provocando ronco alto e complicações mais sérias –, ganhar uns quilinhos a mais, principalmente ao redor da cintura, pode piorar ainda mais seu problema respiratório noturno, segundo pesquisa da Universidade Chinesa de Hong Kong. Em artigo publicado na revista especializada Thorax, os pesquisadores destacam que está claro que o ganho de peso piora a apneia em adultos, mas ainda não haveria evidências suficientes em relação a esses fatores entre as crianças.

Avaliando 56 crianças com a condição, os cientistas observaram que aquelas que, em dois anos, tiveram piora dos sintomas de apneia, apresentaram um maior aumento na circunferência da cintura no período, comparadas aos participantes cujo problema respiratório não havia piorado. Além disso, as crianças que apresentaram agravamento dos sintomas eram mais propensas a ter amídalas grandes no início e durante o acompanhamento, além de roncarem mais. E a piora ocorria mais entre os meninos.

Baseados nos resultados, os especialistas recomendam que as crianças com apneia e amídalas grandes, especialmente os meninos, sejam acompanhados de perto para que qualquer agravamento dos sintomas seja detectado precocemente. E eles acrescentam que o controle do peso é essencial para o controle da condição respiratória entre as crianças. Porém, os pesquisadores destacam que os resultados do estudo devem ser olhados com cautela, pois não foi levado em conta o crescimento natural da criança. Por isso, mais estudos são necessários para confirmação.

Fonte: Thorax. 10 de janeiro de 2010.

Copyright © 2010 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: