Publicidade

Notícias de saúde

Gomas de mascar e adesivos de nicotina podem ajudar a gestante a parar de fumar

16 de novembro de 2009 (Bibliomed). Adesivos e gomas de mascar de nicotina parecem ser seguros e eficazes para as mulheres grávidas que buscam parar de fumar, segundo estudo da Universidade de Duke, nos Estados Unidos. De acordo com os autores, esses resultados são muito importantes, visto que o tabagismo na gestação é associado a problemas como o nascimento prematuro e baixo peso ao nascer.

Para avaliar a eficácia e segurança desses mecanismos, os especialistas deram uma nova olhada em dados sobre gestantes fumantes que haviam participado de um estudo comparando tratamentos psicológicos para a cessação do tabagismo com o uso de adesivos ou gomas de mascar de nicotina. E as análises mostraram que o uso de adesivos ou gomas de mascar triplicava o número de mulheres que parava de fumar – de 8% para 24%.

Os resultados indicaram, ainda, que quase um terço (31%) das mulheres que usaram um desses mecanismos teve complicações na gravidez, em comparação com 17% das mulheres que não os utilizaram. Mas os pesquisadores notaram que os riscos eram muito maiores em mulheres negras, naquelas com complicações em gestações anteriores e entre aquelas que usavam analgésicos – o que indicava que o uso de adesivos de nicotina não teria um efeito direto nas complicações. Por isso, os autores concluíram que, apesar de não serem "absolutamente seguros", esses produtos de nicotina podem ser muito úteis na gestação.

Fonte: American Journal of Obstetrics and Gynecology. Outubro de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: