Publicidade

Notícias de saúde

Beber moderadamente pode reduzir o risco de demência, aponta estudo

11 de maio de 2009 (Bibliomed). O consumo moderado de bebidas alcoólicas pode reduzir o risco de demência em pessoas mais velhas, segundo novo estudo da Universidade Wake Forest, nos Estados Unidos. “Entre os adultos cognitivamente normais, um ou duas doses alcoólicas por dia está associado a 37% menor risco de demência em seis anos”, disse o médico geriatra Kaycee Sink, líder do estudo.

De acordo com os autores, porém, entre aqueles que já têm problemas cognitivos – por mínimos que sejam –, começar a beber moderadamente não faria qualquer efeito no declínio cognitivo. E beber demais – duas ou mais doses diárias – poderia dobrar seus riscos de desenvolver demência.

Acompanhando, por seis anos, mais de três mil idosos – 2587 com avaliação cognitiva normal e 482 com transtorno cognitivo leve no início do estudo –, os pesquisadores descobriram que havia “uma redução muito substancial” no risco de demência entre aqueles que não tinham problemas cognitivos inicialmente e bebiam com moderação.

“Se você é cognitivamente normal, não há razão para você evitar o uso leve a moderado de álcool, e ele pode ser benéfico. Mas se você tem problemas de memória, nós provavelmente diríamos que qualquer quantidade de álcool pode ser perigosa para sua função cognitiva. Se você já tem algum problema de memória, beber não vai ajudar a prevenir a progressão da demência, e pode acelerar essa progressão”, explicou o especialista.

As razões exatas dessa proteção ainda não estão claras. Mas os autores acreditam que o consumo moderado de álcool pode aumentar a liberação de um neurotransmissor chamado acetilcolina, que ajuda as células cerebrais a se comunicarem umas com as outras. Porém, algo também a ser considerado é se isso seria um efeito do álcool ao apenas uma diferença na saúde, estado mental ou hábitos do estilo de vida de pessoas que bebem e daquelas que não bebem. Por isso, mais estudos são necessários.

Fonte: HealthDay. 01 de maio de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: