Publicidade

Notícias de saúde

Estudo liga nascimento prematuro a dificuldades de aprendizado aos 11 anos

18 de março de 2009 (Bibliomed). Crianças que nascem extremamente prematuras têm maior risco de apresentar dificuldades de aprendizado aos 11 anos de idade, segundo estudo da Universidade de Warwick, no Reino Unido. A pesquisa indicou que quase dois terços das crianças nascidas muito prematuras – antes de 26 semanas de gestação – necessitam de apoio adicional na escola.

Os pesquisadores avaliaram 307 crianças que nasceram antes de 26 semanas de gestação, comparando 219 deles, aos 11 anos de idade, com 153 colegas de escola. E descobriram que os prematuros, principalmente os meninos, eram mais propensos a ter menor pontuação em leitura e matemática do que os colegas.

De forma geral, pouco menos da metade das crianças extremamente prematuras teria distúrbios sérios, como dificuldades de aprendizado, paralisia cerebral e problemas de visão e audição. “Descobrimos que até 44% das crianças tinham sérios problemas nas ‘matérias-núcleo’, como leitura e matemática, e 50% tinham desempenho abaixo da média esperada para a idade”, explicou o pesquisador Dieter Wolke.

Os resultados indicaram que essas crianças têm um aumento de 13 vezes na necessidade de apoio adicional para o aprendizado. E os especialistas destacam que, se nada for feito, os problemas tendem a piorar posteriormente, quando a criança começar a realizar atividades escolares mais complexas.

Fonte: EurekAlert. Public release. 11 de março de 2009.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: