Publicidade

Notícias de saúde

Estudo Liga Doenças na Gengiva a Nascimentos Prematuros

LONDRES (Reuters) - Uma nova pesquisa, realizada nos Estados Unidos e divulgada na segunda-feira, mostrou que doenças da gengiva podem causar nascimentos prematuros. Os resultados foram apresentados durante a conferência de três dias Problema da Prematuridade, realizada em Londres.

Os resultados preliminares do estudo de cinco anos sobre doenças na gengiva durante a gravidez, realizado por Seteven Offenbacker, professor da Universidade da Carolina do Norte, mostraram que mulheres com o problema têm uma taxa mais alta de bebês prematuros.

"Os resultados dos testes indicam que o efeito das doenças da gengiva na gravidez parece ser tão perigoso como outros fatores de risco já estabelecidos como fumo", disse Offenbacker. "O próximo passo pode ser verificar se o tratamento dentário em mulheres grávidas com doenças na gengiva diminuiu os nascimentos prematuros", afirmou.

Durante o trabalho, o pesquisador testou 357 mulheres entre 15 e 45 anos de idade para doença de gengiva no início da gravidez e três dias depois do parto.

As mulheres que tinham a doença tiveram taxas mais altas de partos prematuros, antes de 37 semanas de gravidez, que mulheres sem o problema. Uma gravidez normal dura 40 semanas. As mulheres doentes também tiveram mais bebês de baixo peso e riscos maiores de pré-eclampsia, problema potencialmente fatal tanto para a mãe quanto para o bebê.

"Este estudo indica a importância da mãe ter cuidado com ela própria durante a gravidez e fazer exames odontológicos tanto quanto o controle pré-natal", disse Lucilla Poston, professora de saúde fetal da Tommy's Campaign, organização filantrópica britânica que trabalha na prevenção de problemas na gravidez.

Os bebês prematuros e de baixo peso têm um risco mais alto para problemas de saúde que outras crianças.

Sinopse preparada por Reuters Health

Copyright © 2000 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters Limited content, including by framing or similar means, is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters Limited. Reuters Limited shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: