Publicidade

Notícias de saúde

Controle de glicose é importante para uma boa memória, indica estudo

02 de janeiro de 2009 (Bibliomed). O controle do açúcar no sangue, mesmo entre aqueles que não são diabéticos, pode ser essencial para prevenir problemas de memória, segundo estudo da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos. E, de acordo com os autores, a prática regular de exercícios físicos e uma dieta balanceada podem ajudar a manter bons níveis de glicose, ajudando a saúde cognitiva.

Algum grau de declínio mental, como episódios de esquecimentos, é parte do envelhecimento normal e nem sempre está associado à doença de Alzheimer ou a outros tipos de demência. Porém, tanto a perda de memória natural quanto as doenças relacionadas envolvem o hipocampo, parte do cérebro ligada à memória e ao aprendizado.

Um estudo anterior mostrou que uma área do hipocampo chamada giro dentado é a principal responsável pelo declínio mental normal associado ao envelhecimento. E, no novo estudo, avaliando imagens do cérebro humano e de animais, os pesquisadores observaram que uma atividade reduzida dessa parte do cérebro estava associada com altos níveis de açúcar no sangue.

“Mostrando pela primeira vez que a glicose no sangue seletivamente afeta o giro dentado não é apenas nossa descoberta mais conclusiva, mas é o mais importante para o envelhecimento normal – que é quando a disfunção do hipocampo pode ocorrer sem estados de doença. Já houve muitas razões propostas para o declínio do hipocampo com a idade. Este novo estudo sugere que, agora, podemos saber uma delas”, disse o pesquisador Scott Small.

Com isso, os especialistas concluíram que o controle da glicose pode beneficiar a saúde mental e cognitiva não apenas dos diabéticos, mas também das pessoas que não apresentam a doença metabólica.

Fonte: EurekAlert. Public release. 30 de dezembro de 2008.

Copyright © 2009 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: