Publicidade

Notícias de saúde

Mudanças no estilo de vida podem melhorar impotência sexual, indica estudo

21 de outubro de 2008 (Bibliomed). É possível melhorar a disfunção erétil, popularmente conhecida como impotência sexual, sem o uso de medicamentos, de acordo com especialistas da Segunda Universidade de Nápoles, na Itália. Em estudo publicado no Journal of Sexual Medicine, eles afirmam que mudanças no estilo de vida, como a perda de peso e o aumento dos níveis de atividade física, podem ser benéficas para esses pacientes.

Na pesquisa, foram avaliados 209 homens – 104 dos quais foram incluídos em um programa de intervenção envolvendo conselhos detalhados sobre como reduzir o peso, melhorar a qualidade da alimentação e aumentar os níveis de atividade física; e 105 que receberam apenas informações gerais sobre alimentação e atividades físicas.

As análises indicaram que, de forma geral, as avaliações da função erétil melhoraram no grupo da intervenção. No início, 34% deles tinham função erétil normal, contra 36% dos homens do grupo controle. E, após dois anos, apenas o primeiro grupo apresentou melhorias significativas: 56% deles apresentaram ereção normal, contra apenas 38% do grupo controle.

Os autores concluíram, assim, que “é possível alcançar uma melhora na função erétil em homens com risco por meio de intervenção não-farmacológica visando a perda de peso e o aumento da atividade física”.

Fonte: Journal of Sexual Medicine. 17 de outubro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: