Publicidade

Notícias de saúde

Efeito do fumo é ainda mais terrível para o coração das mulheres

04 de setembro de 2008 (Bibliomed). As mulheres normalmente desenvolvem doença cardíaca muito mais tarde do que os homens, porém o hábito de fumar pode antecipar um infarto em muitos anos, segundo estudo norueguês apresentado, esta semana, no Congresso da Sociedade Européia de Cardiologia.

De acordo com os autores do estudo, enquanto os homens que fumam sofrem um ataque cardíaco seis anos mais cedo do que os não-fumantes, essa tendência é ainda mais grave entre as mulheres, com as fumantes tendo infartos mais de 12 anos mais cedo do que aquelas que nunca fumaram.

“As mulheres precisam entender que estão perdendo muito mais do que os homens quando fumam”, disse a médica cardiologista Silvia Priori, do Instituto Científico de Pavia, na Itália, que não é ligada à pesquisa.

No estudo, os pesquisadores avaliaram dados de 1784 pacientes internados em um hospital norueguês por causa de um primeiro ataque cardíaco. E descobriram que a média de idade dos homens no primeiro infarto era de 72 anos para os não-fumantes e de 64 anos para os fumantes. E, entre as mulheres, as idades eram de 81 anos e 66 anos respectivamente.

Quando eram considerados outros fatores de risco cardíaco, como pressão alta, colesterol e diabetes, a diferença de tempo do primeiro infarto entre fumantes e não-fumantes passava para seis anos entre os homens e para 14 anos entre as mulheres.

Os especialistas acreditam que os hormônios femininos podem proteger as mulheres contra doença cardíaca. E, como as mulheres que fumam alcançam a menopausa mais cedo, com a redução dos níveis de estrogênio, isso poderia deixá-las “desprotegidas” contra o ataque cardíaco.

“A menos que as mulheres não fumem ou parem, elas correm o risco de acabar com as mesmas doenças terríveis dos homens, só que muito mais novas”, concluiu o professor Robert Harrington, porta-voz do “American College of Cardiology”.

Fonte: European Society of Cardiology. 02 de setembro de 2008.

Copyright © 2008 Bibliomed, Inc.

Faça o seu comentário
Comentários


Publicidade

Dicionário Médico

Digite o termo desejado

buscar

Ou clique na primeira letra do termo: